propaganda

CAMPANHA /

Sexta-feira, 16 de Outubro de 2020, 06h:30

A | A | A

Vacinação contra poliomielite em Primavera começou atrasada por falta de vacina

Campanha começou dia 13 e sábado (17), acontece o dia D


Imagem de Capa
Da Redação

A campanha de vacinação contra poliomielite e multivacinação começou em todo país no dia 05 de outubro, porém, em Primavera do Leste as vacinas que chegaram ainda não são suficientes para imunizar todo o público alvo, o que atrasou o início da campanha no município. 

Por meio da Assessoria de Imprensa, a prefeitura informou que parte das doses chegaram para o município no último dia 13 e ainda resta uma quantia que está prevista para ser entregue até sexta-feira (16). Mesmo com vacinas faltando em algumas unidades a vacinação está acontecendo em Primavera do Leste. 

A vacinação contra a poliomielite e a multivacinação, ou seja, a atualização da carteira de vacina, estão acontecendo em todas as unidades de saúde que estão abertas das 7h30 às 16h30 para realizar a vacinação contra a poliomielite, em crianças de 1 a 4 anos e 11 meses, e também para fazer a atualização em crianças e adolescentes até 14 anos e 11 meses, é necessário apresentar o cartão SUS e a caderneta de vacina. No sábado (17), será realizado o dia D da campanha de vacinação. 

Danila Silva Martins, responsável técnica de imunização, falou da importância de que os adolescentes compareçam nas unidades de saúde para avaliação da caderneta. “É importante que leve o adolescente mesmo que acredite que a caderneta esteja atualizada, por que as vezes tem alguma vacina nova ou alguma alteração no calendário de vacina e com isso a gente fará a atualização da caderneta de vacina do adolescente”, explicou.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde é estimado que 3.800 crianças sejam imunizadas contra a poliomielite, mas todo adolescente deve comparecer com a caderneta pra que seja avaliada. Porém, a responsável ressalta que se tiver sintomas gripais, devem permanecer em isolamento. “É importante que se a criança, o adolescente ou algum contato domiciliar estiver apresentando sintomas de Covid, aguarde o final do isolamento para então comparecer para receber a vacina”.

A partir de segunda-feira (19), os postos de saúde atenderão, até o final do mês de outubro, com sistema de agendamento para evitar aglomerações. Os atendimentos para vacinação, em todas as unidades, serão em períodos diferentes do atendimento para síndromes gripais, de forma que não haja o cruzamento dos públicos, evitando possíveis chances de contaminação. Além disso, é obrigatório o uso de máscara e respeitar o distanciamento. Os agendamentos devem ser feitos pelo telefone da unidade.

Campanha vacina.jpeg

 

 

 

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz