propaganda

EFEITO COVID-19 /

Segunda-feira, 10 de Agosto de 2020, 06h:31

A | A | A

Primavera volta a integrar lista de cidades de risco alto para contaminação

Quatro municípios voltaram a ser classificados com risco “muito alto”


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

Com 344 casos ativos, Primavera do Leste voltou a integrar a lista de cidades classificadas como de risco alto para contágio da Covid-19. A lista de cidades foi atualizada pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) que divulgou o Boletim Informativo com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. 

 

De acordo com o documento, apenas quatro municípios do Estado configuram na classificação com risco “muito alto” para o novo coronavírus: Sorriso, Barra do Garças, Paranatinga e Arenápolis.

Além de Primavera do Leste, outros 22 municípios estão na classificação de risco “alto” para a disseminação do coronavírus. Fazem parte da lista Cuiabá, Rondonópolis, Cáceres, Várzea Grande, Lucas do Rio Verde, Jaciara, Sapezal, Mirassol D’ Oeste, Campo Novo do Parecis, Querência, Tangará da Serra, São Jose dos Quatro Marcos, Nova Mutum, Sinop, Vera, Alto Taquari, Brasnorte, Castanheira, Apiacás, Araguaiana, Planalto da Serra e Ponte Branca.

O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades. No caso de classificação de risco alto, entre as medidas a erem adotadas estão: proibição de atendimento presencial em órgãos públicos, proibição de qualquer atividade de lazer e adoção de medidas preparatórias para quarentena. Vale destacar que as ações são apenas orientativas, cabendo ao gestor de cada município decidir se adotará ou não as medidas.

Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT.

O Governo de Estado publicou novo decreto restringido ainda mais as medidas que devem ser adotadas pelos municípios, com base na classificação de risco para prevenir a disseminação da Covid-19. O Decreto n° 532 foi publicado na edição extra do Diário Oficial de 24 junho. O documento altera as tabelas de classificação de risco, criando uma terceira tabela.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz