propaganda

20 de setembro - Dia do Gaúcho /

Domingo, 20 de Setembro de 2020, 06h:30

A | A | A

Primavera do Leste é um dos municípios que mantém viva as tradições gaúchas

Conhecidos como desbravadores, eles enxergaram aqui uma terra fértil e de oportunidades


Imagem de Capa
Da Redação

Antes mesmo da emancipação de Primavera do Leste, há mais de três décadas, os gaúchos já estavam na cidade há pelo menos quatro anos. Conhecidos como desbravadores, eles enxergaram aqui uma terra fértil e de oportunidades. Hoje, aproximadamente 400 associados fazem parte do Centro de Tradições Gaúchas (CTG) Querência Distante.

Alzemar Trevisol, que hoje é primaverense de coração e patrão do CTG (equivalente ao líder geral) da cidade, saiu de Frederico Westphalen/RS em 1992. Ele se recorda que na época, com os setores de indústria e comércio já saturados no Estado, “jogamos os nossos chapéus para cima e o vento os sopraram para Primavera do Leste, onde encontramos a oportunidade de montar nossa empresa e oferecer um conforto e qualidade de vida para nossa família”.

Essa é uma realidade de muitos outros sulistas que habitam em Mato Grosso. São 33 Centro de Tradições Gaúchas (CTG) espalhados pelos quatro cantos do Estado e mais de cinco mil associados, segundo o Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG-MT).

 A diretora artística do MTG-MT e 1ª secretária da Confederação Brasileira da Tradição Gaúcha (CBTG), Marcileia Souza, conta que chegou no Estado com cinco anos de idade. “Viemos com a família do meu pai, em busca de melhores condições de vida. Aqui encontramos terras produtivas com preços acessíveis”, destaca Marcileia.

O prefeito da cidade, Léo Bortolin, destaca a importância de manter a tradição gaúcha no município, “pois a construção do desenvolvimento de nossa cidade passou pelas mãos dos povos gaúcho e, até hoje, crescemos com a contribuição do trabalho dessa gente que acredita no potencial de Primavera do Leste”.

Bortolin também conta que a Prefeitura apoia as atividades culturais oferecidas pelo CTG Querência Distante através de convênio para a destinação de verba que contempla crianças e jovens não só gaúchos, mas de todas as regiões do Brasil que também compõem a população diversificada da cidade.

 

 

Semana Farroupilha na Pandemia

A tradicional festa que comemora a semana do gaúcho aconteceram, mas de maneira diferente e restritiva. As lives que caíram no gosto do povo nessa quarentena é a saída que muitos CTGs estão encontrando de ressaltar a cultura gaúcha para a população. Em Primavera do Leste as danças, declamações de poesias e apresentações musicais, características da cultura, estão sendo transmitidas pela internet.

O churrasco gaúcho que reúne centenas de pessoas na Semana Farroupilha, esse ano, ocorreu em sistema drive-thru. “A população está adquirindo uma cartela e vai retirar o churrasco no CTG para comer em casa, com a família, tudo para evitar aglomeração”, explica o patrão Trevisol, e acrescenta: “esperamos que no ano que vem a gente possa voltar a fazer o que a gente fazia, receber toda a sociedade do nosso município no CTG, sempre levando pra frente a nossa tradição, sem deixar ela morrer”.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Caso a vacina para a Covid-19 seja liberada no Brasil, você pretende tomar?
Sim, se for a Chinesa
Sim, se for a Russa
Sim, se fosse outra
Nem pensar
Não tenho opinião formada sobre o assunto