propaganda

SAÚDE /

Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020, 07h:00

A | A | A

MT deixou de receber do Ministério da Saúde quase 240 mil doses de vacinas pentavalente em 2019

Mais de 66% das doses previstas para Mato Grosso não chegaram. Secretaria de Saúde diz que o Governo Federal não repassa regularmente as doses desde julho de 2019


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

Em Mato Grosso, cerca de 238 mil doses de vacinas pentavalente não foram distribuídas. Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), o governo federal não repassa regularmente as doses desde julho de 2019. A previsão de normalização do estoque até fevereiro deste ano.

Conforme relatório do Ministério da Saúde, foram distribuídas 38 mil doses da vacina para o estado, em duas remessas. A primeira foi disponibilizada no dia 8 deste mês e a segunda no dia 9 deste mês.

A SES disse que recebeu 37.900 doses da vacina. A secretaria informou que a distribuição dos lotes para os municípios deve acontecer até o final desta semana.

Em Primavera do Leste, as unidades de saúde estavam com falta da vacina há seis meses e nesta semana o município recebeu 800 doses, que representam apenas 60% da quantidade necessária.

Segundo a Vigilância Epidemiológica municipal, ainda não há previsão de recebimento das 40% doses que faltam. Primavera do Leste tem mais de 15 unidades de saúde que aplicam a vacina.

A orientação é para que pais que aguardavam pela vacina procurem os postos de saúde.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Mônia Maia, ressaltou em entrevista concedida em dezembro que as explicações do Ministério da Saúde para a falta de vacina, é que houve uma queda na produção e também lotes reprovados. “As justificativas são no sentido de produção de vacinas, lotes reprovados e agora algumas dificuldades à compra deste produto”, frisou.

A coordenadora ressaltou que a população também pode ajudar o município realizando a denúncia formal junto aos órgãos de saúde federais e Ministério Público. “Todo tipo de ajuda é bem-vinda. É um direito que a população tem de reclamar, mas pedimos que essas reclamações sejam direcionadas aos órgãos competentes, que neste caso é o Ministério da Saúde e Ministério Público. As reclamações também podem ser formalizadas pelo telefone 136, que é a Ouvidoria do Ministério da Saúde”, orientou.

Um levantamento realizado pela Gerência Estadual do Programa de Imunização, em 2019, o estado recebeu um pouco mais de 120 mil doses da vacina pentavalente. A meta estadual de vacinação para o ano passado previa que era preciso de 360 mil doses.

Foram recebidas 66,1% doses da vacina pentavalente menos que o previsto.

A Secretaria de Saúde disse que o Ministério da Saúde informou que até fevereiro deste ano o estoque de vacinas deve ser normalizado e que fará campanhas para vacinar as pessoas que não se vacinaram nos últimos sete anos.

Conforme a Coordenação-Geral do Programa Nacional de Imunizações (CGPNI), a vacina pentavalente imuniza contra a difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e meningite. Foram distribuídas cerca de 1,8 milhão de doses para os estados.

 

*Com informações do G1

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz