INVESTIMENTO /

Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019, 07h:00

A | A | A

Havan em Primavera

A projeção é de gerar 150 empregos diretos


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

 

O empresário Luciano Hang, proprietário do grupo Havan, na última semana visitou Primavera do Leste. O objetivo foi conhecer a cidade e possíveis terrenos para a instalação de uma loja no município. Ao todo, 12 possíveis locais foram visitados pela comitiva que acompanhou Hang.

Em entrevista à TV Primavera, o empresário disse estar impressionado com a cidade e que Primavera pode sim receber uma loja Havan em um futuro próximo. “É uma cidade linda, de um povo acolhedor, tenho certeza que iremos colocar aqui nossa semente também. Tenho falado que sou um plantador de lojas. Estamos colocando mais lojas em Mato Grosso e Primavera do Leste está no nosso radar”, ressaltou.

Hang destacou ainda que o próximo passo é escolher um terreno que venha de encontro às necessidades da nova instalação. “Eu dependo de agora acertar um terreno que venha de encontro com a necessidade, pois tem que ser uma mega loja para atender não só a cidade, mas também a região. Hoje nossas lojas empregam de 150 a 200 colaboradores.  Tenho certeza que Primavera do Leste terá uma Havan também”, frisou.

Antes de Hang vir conhecer Primavera do Leste, o prefeito - acompanhado de uma comitiva, visitou o empresário duas vezes e fez inúmeras ligações. Luciano Hang elogiou a atitude do prefeito em buscar empresários aptos a investir na cidade. “Feliz da cidade que tem o poder público atrás de empreendedores para investir. O prefeito há tempo já me liga e eu estou impressionado com a cidade, todos aqui merecem o que estão colhendo por que vocês plantaram uma cidade diferente”.

O prefeito Leonardo Bortolin, acompanhou Luciano nas visitas aos terrenos, ele ressaltou que o investimento para construção da loja gira em torno de R$ 30 milhões e que o diferencial das lojas Havan, é que o empresário não vem atrás de terrenos doados e nem de incentivos. “Será um investimento de quase R$ 30 milhões e assim como temos que fomentar o comércio local, nós também temos que atrair grandes investimentos para cá. Ainda mais uma empresa como esta, que não vem atrás de área doada, de incentivo fiscal do município. O que nós conseguimos foi atrair o investidor e mostrar que Primavera é um município em potencial e tem condições de agregar uma loja dessas. Ele (Hang) não vai tirar cliente de ninguém, mas sim ter um polo regionalizado que vai trazer mais gente para cá”, explicou Bortolin, que ainda disse que Hang, garantiu que sua volta para Primavera do Leste, será para lançar a obra.

Léo destacou ainda que a busca por investidores e empresários continua. “Estamos atrás de outras grandes empresas de outros ramos, para que venham para Primavera para gerar emprego e renda”, frisou.

 

OPINIÃO DOS LEITORES

Após a notícia da possível vinda da Havan para Primavera do Leste ser divulgada, leitores opinaram sobre o assunto.

“Bastante interessante, dá uma sensação de cidade grande, mas no momento o que precisamos mesmo é de empregos, lugar para gastar já temos”, disse William.

“Estamos vendo tantos anúncios de futuras empresas que possivelmente irão se instalar na cidade, fico feliz. E concordo quando dizem que precisamos de mais indústria, elas por si só irão aumentar o fluxo no comércio pois vão promover empregabilidade e renda. Torcendo pra que não aconteça mais o que aconteceu com o episódio da Big Frango. Com a taxa de industrialização sendo aumentada, consequentemente o comércio teria por necessidade, um aumento no número de lojistas, e dessa forma teria espaço pra grandes redes, sem ter que sacrificar tanto o pequeno empresário que apostou no crescimento da cidade e se instalou aqui sem benefício fiscal nenhum, diferente das grandes redes, que pagam até menos impostos que o pequeno comércio. Porém a renda hoje do primaverense (salvo algumas exceções) é baixa para segurar tanta empresa pequena e ainda essas outras grandes redes. Haverá também, infelizmente, algumas demissões e empresas fechando. Setor do comércio não consegue girar a roda da economia sem os demais, indústria e agronegócios. Um puxa o outro e nessa ordem a indústria e agronegócios precisam caminhar bem para que o comércio caminhe bem também”, comentou Fernanda.

“Uns torcem pela Havan, mas como contadores sabemos do momento complicado que passa nosso comércio. Já está fechando bastante lojas...com a Havan...vai piorar. Outra coisa espera o que o mega empresários compra sua área, e não que pegue terrenos subsidiados”, disse Clair.

“O comércio por si só não se sustenta e vai precisar que o setor industrial cresça para que toda a economia cresça junto, já que a nossa agricultura tem pouco espaço pra crescer. O que podemos é aproveitar nossa produção agrícola e alavancar o agronegócio. E também investir na educação que é um dos pilares pra que se instalem novas indústrias”, pontuou Kairo.

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Estruturas de barracões são danificadas após temporal

Árvore foi arrancada pela raiz, muros desabaram e caminhões foram atingidos por telhas

Associados Sicredi que usarem cartão vão concorrer a prêmios

Promoção Cartão da Sorte vale para compras feitas com cartões no comércio e prestadores de serviços em São Pedro da Cipa

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz