AGRICULTURA /

Sexta-feira, 18 de Outubro de 2019, 07h:00

A | A | A

Especialistas discutem futuro da agricultura irrigada em Mato Grosso

Primavera do Leste possui a maior área irrigada do estado


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

Agricultores, empresários, pesquisadores e representantes do poder público participaram de uma discussão sobre o avanço da agricultura irrigada em Mato Grosso na última semana, em Cuiabá. Durante o encontro, os cientistas da Universidade Federal de Viçosa (UFV-MG) apresentaram estratégias para serem aplicadas no estudo que visa descobrir a viabilidade da ampliação da área irrigada de forma sustentável.

Hoje se estima que a área irrigada do Estado seja de 220 mil hectares. O que não representa 1% da área plantada de Mato Grosso. Neste quesito, Primavera do Leste se destaca, já que possui 51 mil hectares de área irrigada, ou seja, é a maior área irrigada de Mato Grosso.

O avanço do projeto apresentado pode alavancar a produção agrícola de Primavera e consequentemente de todo Estado, uma vez que, com o controle da água, os produtores conseguem aumentar as safras, garantindo o que o solo pode produzir. Essa tecnologia também proporciona um equilíbrio na distribuição da água e que possibilita o máximo aproveitamento dela.

Mas antes de trabalhar na ampliação desse mecanismo, os produtores têm se preocupado com o avanço sustentável do setor. O presidente da Associação dos Produtores de Feijão, Trigo e Irrigantes de Mato Grosso (Aprofir), Marlon Fedrizzi disse que a discussão foi uma oportunidade de se criar um estudo prévio antes que a irrigação represente um problema no Estado.

“O estudo é bem abrangente, ainda mais se falando de um Estado continental como o nosso, com diferenças e características próprias entre regiões. Por isso, nosso objetivo é fazer uma agricultura irrigada de maneira sustentável e produtiva. Tem que ser correta ambientalmente, mas também social, ela tem que atender a demanda da sociedade, do Estado e da classe produtora”, afirma o presidente.

Marlon Fredizzi avalia que é cedo para projetar o crescimento da irrigação no Estado. Ainda ressalta que para isso é preciso cautela. “Quando falamos em irrigação, falamos em grandes investimentos e hoje não vemos mais ninguém arriscando. Por isso temos que estar ambientalmente e socialmente corretos”.

Ele ainda observou que com a ampliação da cobertura, os produtores terão mais capacidade de variar a cultura, “você consegue sair do milho e soja, consegue ter um leque de produtos muito maior para fornecer para sociedade. Quem ganha com isso é o consumidor final que vai ter produtos mais baratos e mais diversificado”.

O professor do Departamento de Engenharia Agrícola da UFV-MG, Everardo Mantovani destacou que com a irrigação agrícola o produtor pode produzir mais e melhor, além de ter a possibilidade de ter mais de uma safra no mesmo local, evitando a abertura de novas áreas.

“Você consegue entrar em uma cultura de maior valor e risco, porque você tem a certeza que não vai ter problemas de água”, disse.

Mantovani ainda afirmou que a irrigação agrícola contribui para a geração de emprego, desenvolvimento da região, arrecadação de impostos e produção de alimentos.

 

Com Aprofir

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Ex-marido é condenado e solto por matar mulher a tiros em Poxoréu

O crime foi cometido perto de um posto de combustível, quando Josiane voltava de um evento na companhia da irmã.

Sistema de coleta de lixo doméstico gera reclamações em Primavera do Leste

O município possui mais de 50 bairros e o serviço é feito de forma escalonada. Para agilizar o trabalho um gari passa antes e deixa os sacos na rua para facilitar a coleta, no entanto, até o período do caminhão passar, alguns lixos são danificados por animais ou veículos na via

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz