EDUCAÇÃO /

Sexta-feira, 08 de Novembro de 2019, 07h:00

A | A | A

Com o apoio de lojas maçônicas, escola militar será construída em Primavera

A Seduc liberou orçamento para custeio da unidade


Carregando fotos
Da Redação

Circula nas redes sociais um projeto arquitetônico que seria da Escola Militar que será instalada em Primavera do Leste. O projeto contempla sala de aulas, um amplo auditório, estacionamento e área para exercícios ao ar livre. O referido projeto foi entregue em setembro pelo prefeito de Primavera do Leste, Léo Bortolin ao governador Mauro Mendes. De acordo com as informações, a secretaria estadual de Educação (Seduc) liberou orçamento para custeio da unidade, que deve ficar pronta em 2020.

O projeto foi entregue durante passagem do ministro da Educação, Abraham Weintraub, em Cuiabá. Mauro também esteve presente no evento e ressaltou a capacidade da gestão do município para construção da escola militar.

“A sociedade de Primavera do Leste se uniu para construir essa escola que é um símbolo da educação, disciplina e da esperança da educação de Mato Grosso”, disse o governador.

De acordo com a secretária da Seduc Marioneide Kliemaschewsk, Primavera é o segundo município a implantar uma escola militar na gestão de Mauro. Conforme ela, a implantação é importante para fortalecer o currículo da educação por meio de uma proposta diferenciada. “O município de Primavera está implantando porque o prefeito teve a vontade política de construir uma unidade com seus parceiros para que possa funcionar uma escola militar”.

Léo explica que a construção da nova unidade educacional do município será feita pela sociedade. Segundo ele, o terreno, onde a escola será construída, foi doado e deve, mais tarde, ser repassado para o Estado.

A proposta da prefeitura do município é de transformar outra unidade escolar comum em militar até que as obras da nova escola sejam concluídas. Os trabalhos de construção serão administrados por uma associação formada pela lojas maçônicas de Primavera do Leste.

APOIO MAÇONARIA

Não é a primeira vez que a maçonaria de Primavera do Leste tem grande participação na concretização de um projeto voltado a sociedade. Uma das obras que teve participação da instituição foi a construção do anexo fórum, onde hoje é o tribunal do júri. Há muito tempo atrás, quando a polícia da cidade estava carente de prédios e veículos, o grupo se uniu e ajudou na estruturação do prédio da polícia e ainda comprou um veículo. Sendo uma instituição sempre presente.

 

Com informações do RD News

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz