EDITORIAL /

Segunda-feira, 13 de Fevereiro de 2012, 14h:19

A | A | A

A Copa é aqui!

De resto, queremos pegar nossas bandeiras, pintar nossos rostos e mostrar nosso orgulho de ter nascido brasileiro. Que o mundo possa ver que somos bons em infraestrutura e educaçao, porque de bola ninguém duvida


Redação: Janine de Oliveira

Todos a espera da Copa do Mundo. O mega evento do futebol mundial foi comemorado com festa no Brasil quando a Fifa decidiu escolher o nosso país verde-amarelo para sediar a disputa. Desde então só se ouve falar em Copa. O preço do gado vai melhorar na Copa. O aumento de obras no setor civil estarão aquecidos na Copa. A polícia planeja melhorar a segurança na Copa. As obras da Copa estão atrasadas. Opa! O que? Obras atrasadas? Sim, os aeroportos brasileiros ainda são ruins se forem avaliados com padrão internacional.
Nossas estradas ainda têm deficiências. Como os jogos foram divididos em seis capitais o setor de transporte terá pouco tempo para se adaptar e oferecer bons serviços. Sabe como é, para os de casa estando satisfatório agrada, mas quando é para as visitas precisa caprichar, isso acontece com qualquer cidadão brasileiro. Quando temos visita em casa até a toalha da mesa que usamos é a nossa melhor, independentemente da classe social. Temos que pensar se a nossa toalha realmente é a melhor ou já nem tem mais tecido de tantos buracos que possui.
Os estádios que serão palco para os jogos estão mais parecidos com caveiras de ferro retorcido, com homens andando por todos os lados, figurões com capacetes engraçados visitando, como se uma pedra fosse cair do céu. Não resolvendo nada e dando depoimento que acreditam no Brasil, apesar do jeitinho nosso de cada dia, isso todos nós poderíamos dizer senhores governantes. Quando é que os discursos deixarão de ser superficiais e se tornarão objetivos e concisos. A nossa pergunta é: Vamos fazer feio a nível internacional?
O Brasil e seus quase 200 milhões de expectadores possuem muitas necessidades, para o argumento de que esses recursos poderiam ser usados em outras obras mais importantes como escolas, hospitais, creches e até mesmo penitenciárias a réplica  é que serão muitos recursos na economia brasileira que com isso poderão ser feitas essas e mais obras, outra justificativa é de que os investimentos em obras devem ser aproveitados em outros eventos esportivos como as Olimpíadas em 2016.
Mas a pergunta que não quer calar: Vai estar tudo pronto? Ou teremos que ver os jogos sentadinhos em bancos improvisados? Outras coisas envolvem a Copa. A população está preparada para receber os estrangeiros? O povo brasileiro é muito acolhedor, mas isso por si não basta, não pode ser sempre no enrolacion.
O Brasil têm muito para mostrar, que somos um povo de esperança, que pratica a paz, mesmo com tanta violência urbana diária, que se esforça em ser melhor a cada dia. Merece que cessem os discursos que se mostrem mais obras. Que quem se dispor a fazer a Copa no Brasil, faça um evento a altura do nosso povo. Já somos vistos como um país de terceiro mundo, não precisamos que nossa imagem seja de um país desorganizado.
Sem esquecer é claro que temos mais dois anos para que a seleção brasileira apresente um time com jogadores para conquistar o título em nossa terra. Já imaginaram poder comemorar o Hexa em casa? Não precisa ser um time de estrelas, mas que tenha amor a camisa canarinha. De resto, queremos pegar nossas bandeiras, pintar nossos rostos e mostrar nosso orgulho de ter nascido brasileiro. Que o mundo possa ver que somos bons em infraestrutura e educação, porque de bola ninguém duvida.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz