propaganda

FAKE NEWS /

Sexta-feira, 24 de Abril de 2020, 14h:49

A | A | A

Vídeo de apreensão de máscaras contaminadas pelo Covid-19 é falso

Suspeito estocava ilegalmente mais de um milhão de equipamentos médicos


Carregando fotos
Da Redação/Com Informações do R7

O vídeo que está circulando nas redes sociais como se fosse de uma apreensão de máscaras contaminadas vindas da China é falso. O vídeo em questão mostra a prisão de um homem pelo FBI, em Nova York, Estados Unidos, que armazenada, ilegalmente, mais de um milhão de equipamentos médicos necessários para o combate ao coronavírus.

 

A intenção dele era de revender os produtos com valores 700 vezes maiores que o de mercado. No momento da apreensão o homem ainda tossiu nos policiais

Segundo o Departamento de Justiça americano, o estoque de Baruch Feldheim continha cerca de 192 mil máscaras N95, quase 600 mil luvas, 130 mil máscaras cirúrgicas, máscaras modelo N100, traje cirúrgico, toalhas desinfetantes, filtros de partículas, garrafas de álcool em gel e spray desinfetante.

Todo o equipamento recolhido será distribuído nos hospitais da cidade. Nova York é o estado mais afetado pelo coronavírus nos EUA, liderando em número de casos e de mortes, e os hospitais não tem mais equipamento para atender os doentes.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Caso a vacina para a Covid-19 seja liberada no Brasil, você pretende tomar?
Sim, se for a Chinesa
Sim, se for a Russa
Sim, se fosse outra
Nem pensar
Não tenho opinião formada sobre o assunto