RETROSPECTIVA /

Sábado, 28 de Dezembro de 2019, 07h:00

A | A | A

Primavera se destaca e ocupa a terceira posição no Ranking Estadual de Exportações

Nos dez primeiros meses a cidade exportou o equivalente a US$ 917,77


Imagem de Capa
Da Redação

Em 2019 a cidade de Primavera do Leste deixou para trás grandes municípios produtores como  Sinop, Nova Mutum, Campo Novo do Parecis e Lucas do Rio e aparece na terceira posição do Ranking Estadual em relação ao volume de exportações, duas posições acima da registrada no mês passado quando estava na quinta colocação. A informação é do Ministério da Economia, Indústria e Comércio Exterior, e referem-se ao período de janeiro a novembro de 2019.

Nos dez primeiros meses a cidade exportou o equivalente a US$ 917,77, o valor é 104,33% maior do que o volume exportado no mesmo período de 2018. No panorama nacional a cidade ocupa a 48ª posição.

O principal produto enviado para fora do Brasil continua sendo soja, representando 40% das exportações, o milho aparece na segunda posição com 38% e 16% representa tortas e outros resíduos, o algodão 4%

A China (34%), Vietña (6,7%), Japão (6,5%), Coreia do Sul (6,0%), e Tailândia (4,8%), são os principais destinos da produção de Primavera do Leste.

De acordo com o secretário municipal de Agricultura Henrique Amaral,  atualmente tudo o que é produzido em Primavera sai da cidade. “Hoje posso te garantir que 100% da produção agrícola sai da cidade, tem como destino o mercado interno nacional e também o exterior, os principais produtos exportados são: soja, milho e algodão, mas há também outros produtos e em breve teremos mais coisas para exportar”.

Na primeira posição do ranking estadual está a cidade de Sorriso e em segundo Rondonópolis.

 

POTENCIAL DE PRIMAVERA DO LESTE

Primavera do Leste foi citada como grande potência em exportação no estado, durante uma reunião na capital realizada em agosto de 2019, que apresentou o “Perfil das Exportações e Importações de Mato Grosso”, promovida pela Câmara Setorial Temática de Relações Internacionais (CST-RI) instaurada na Assembleia Legislativa. O encontro reuniu entidades ligadas ao setor do agronegócio, indústrias, representantes dos poderes Legislativo, Executivo e Judiciário, Tribunal de Contas, instituições de ensino e do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Conforme o relatório da CST-RI, os maiores municípios exportadores no estado são: Rondonópolis (12,8%), Sorriso (10,1%), Cuiabá (10,1%), Nova Mutum (4,9%), Campo Novo do Parecis (4,8%), Primavera do Leste (4,7%) e Sapezal (4,1%).

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz