SAÚDE PÚBLICA /

Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019, 09h:26

A | A | A

Oito bairros de Primavera do Leste estão com índices elevados de focos de dengue

Há cinco regiões consideradas em Alto Risco por ultrapassarem 4% e Médio Risco por estarem no limite de 3,9%


Imagem de Capa
Pérsio Souza

Os bairros São Cristóvão, Gnoato, Primavera II, São José, Buritis III, Poncho Verde, Castelândia e Jardim Riva apresentam índices elevados de focos do Aedes Aegypti que chegam a 13,3%. Destas regiões, cinco estão em Alto Risco e as demais em Médio Risco. Primavera do Leste já tem 571 casos confirmados de dengue, com um óbito, e 15 de Zika, contabilizados de janeiro a outubro deste ano.

Em menos de um mês, 06 de outubro a 02 de novembro, 13.370 imóveis foram visitados pelas agentes de endemias e 8.952 criadouros foram eliminados. O principal depósito encontrado compreende a lixos domésticos. De acordo com um levantamento feito pela Vigilância Ambiental, 63% dos focos do mosquito estão alojados em lixo doméstico, ou seja, em material que pode armazenar água e que não teve a destinação correta.

Conforme o Ranking do Mosquito por bairros com IPP elevado, por ordem decrescente estão: São Cristóvão II (13,3%); Gnoato (7,69%); Primavera II (5,05%); São José (3,85%); Buritis III (3,3%); Poncho Verde (2,38%); Castelândia (1,76%); Jardim Riva (1,64%).

O Índice de Infestação Predial (IIP) representa a porcentagem de imóveis com a presença de Aedes Aegypti, sendo que a média atingida foi 0,9%. O recomendado pela Vigilância Epidemiológica é abaixo de 1%. Estar acima do índice recomendado não significa que o município está em epidemia, pois isto é determinado pelo número de pessoas com a doença, porém, é alerta para o risco e uma questão e saúde pública.

 

RECOMENDAÇÕES

Para reduzir a proliferação do mosquito vetor das doenças, o Ministério da Saúde aconselha a população a manter ações de prevenção, como verificar se existe algum tipo de depósito de água no quintal ou dentro de casa. Outra recomendação é lavar semanalmente, com água e sabão, recipientes como vasilhas de água do animal de estimação e vasos de plantas.

Não deixar que se formem pilhas de lixo ou entulho em locais abertos, como quintais, praças e terrenos baldios é outro ponto importante. Outro hábito que pode fazer diferença na prevenção da dengue é a limpeza regular das calhas, com a devida remoção de folhas que podem se acumular durante o inverno.

 

TRANSMISSÃO POR RELAÇÃO SEXUAL

 

Em Madri, na Espanha, foi detectado um dos primeiros casos de transmissão sexual de dengue no mundo. Um jovem se contaminou ao manter relações sem proteção com outra pessoa que havia voltado doente de uma viagem pelo Caribe. As provas genéticas demonstraram que as cepas do vírus encontrados nas amostras tomadas dos dois pacientes são idênticas as que circulam em Cuba.

 

VACINA SOMENTE NA REDE PRIVADA

 

No momento, só existe uma vacina contra dengue registrada na Anvisa, que está disponível na rede privada. Ela é usada em 3 doses no intervalo de 1 ano e só deve ser aplicada, segundo o fabricante, a OMS e a ANVISA, em pessoas que já tiveram pelo menos uma infecção por dengue.

Esta vacina não está disponível no SUS, mas o Ministério da Saúde acompanha os estudos de outras vacinas.

De acordo com a Anvisa, a eficácia da vacina na população acima de nove anos é de aproximadamente 65% contra os quatro sorotipos de vírus da dengue. Além disso, o medicamento reduz os casos graves da doença em 90% e os índices de internação em 80%.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Radares da BR-070 começam a funcionar

Em Primavera do Leste são 07 aparelhos espalhados por aproximadamente 10 quilômetros

MP da liberdade econômica permite que comércio abra nos feriados

Aciple recomenda que comerciante analise se compensa e que cumpra com leis trabalhistas

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz