SAÚDE /

Segunda-feira, 21 de Maio de 2018, 07h:00

A | A | A

“Não há motivo para pânico”, diz médico

A declaração foi dada em relação suspeita de morte por H1N1 na cidade


Carregando fotos
Jaqueline Hatamoto

Com objetivo de esclarecer toda a população em relação a suspeita de um morte em Primavera do Leste suspeita de H1N1, o médico e proprietário do Hospital das Clínicas de Primavera do Leste, Iro Leite recebeu a imprensa na tarde de sexta-feira (18). Em seu pronunciamento o médico, deixou claro que não existe motivo para que a população de Primavera do Leste entre em pânico, o momento é apenas de alerta.

 “O que houve no caso noticiado, é que o paciente teve uma evolução muito próxima no seu quadro clínico, por isso existe a desconfiança de que seja um doença do tipo influenza mais grave. Exames realizados sugerem um quadro viral e não uma infecção. O fato de ter casos de influenza registrados nos municípios próximos e da cidade de Primavera do Leste, se encontrar em uma rota de ligação entre demais municípios nos faz pensar que possa ser a doença, mas apenas exames mais minuciosos poderão afirmar”, explicou o médico.

 Um outro fator relevante levantado pelo médico, está em relação as pessoas que tiveram contato com o paciente, essas precisam também ficar atentas, mas não é necessário fazer uso de nenhum tipo de medicamento especifico. “A medicação Tamiflu é indicada para as pessoas que tiveram um contato maior com o doente, não é aquele que conviveu na escola, pelo contrário, não há uma indicação para isso. Mas todos devem ficar atentos aos sintomas da doença”, destacou.

 

GRIPE X RESFRIADO

De acordo com o profissional, gripes e resfriados são as doenças mais comuns da atualidade, e a principal diferença entre as duas, está que a gripe vem com agravos a mais, como sintomas respiratórios. “Os vírus de gripe podem ser mais graves do que os que provocam resfriados. Lembrando que cada organismo responde de um jeito a uma infecção. Mas pegamos um padrão mediano”, explicou Leite.

Hoje no Brasil se encontram circulando dois tipos de vírus, o Influenza A e B e dentro desses vírus existem dois subtipos que são os mais graves H1N1 e o H3N2. “Eles podem evoluir para problemas pulmonares e consequentemente óbitos”, destacou Dr. Iro.

A forma de contagio da doença, é uma só, basta que gotículas infectadas pelo vírus, cheguem ao nariz de uma pessoa. “Por exemplo, se espirra na mão, e o vírus fica preso na mão por que é úmido e quente, e aí chega na mão do outro que esfrega o nariz”.  Por isso a forma de prevenção além das vacinas, é a criação de barreiras que impeçam o vírus de chegar. “São máscara, espirrar em um pano e não mãos, e sempre realizar a higiene das mãos e o uso constante de álcool em gel”, orientou o médico.

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Audiência pública para discutir pedágio em estrada que liga a Paranatinga foi realizada

A audiência tem ainda a missão de esclarecer sobre os termos no edital

Mesmo na seca, notificações de casos dengue não diminuem

Número continua a colocar Primavera em alerta para epidemia da doença

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

26/06 - Em cerimônia pontuada por bom gosto e emoção na Igreja Matriz, Thayara Rodrigues & Duan Pilonetto receberam a bênção matrimonial no último sábado, 22. Impecavelmente vestida pelo estilista mais famoso do Brasil, Lucas Anderi, a noiva emocionou os convidados logo antes da sua entrada com depoimento para o noivo. Já ele usava um terno Camargo, sendo que o estilista fez questão de colocá-lo em suas redes sociais. Com um flashmob feito pela Musique Casamentos, cantores e violinos surgiam entre os convidados enquanto as alianças eram conduzidas pela avó da noiva ao altar. Queima de fogos iluminaram a noite ao final da cerimônia religiosa. O salão do Centro de Eventos Primacredi foi transformado com suntuosa decoração por Anna Carolina para receber o em torno de 500 convidados para a celebração da boda. O buffet sempre agradável de Dulce Aguiar, (Roo) servia de volantes como as panelinhas quentes até um buffet de comida japonesa requintado, na ímpar noite que foi adoçada pelas receitas de Claudete Zandoná. A animação da festa ficou a cargo da Banda Bis de Cuiabá, além do receptivo da Musique com apresentação do Brass Live durante a festa que foi até as 6 da manhã. Um dos pontos altos da noite foi a surpresa feita pelos padrinhos que interromperam o final da apresentação dos noivos, surpreendendo com todas as músicas que os recém casados gostam e fazendo a festa já pegar fogo, mais uma das brilhantes ideias do Cerimonial Fabiano Fernandez que produziu e atendeu todo o evento com a mesma maestria de sempre, já conhecida e aprovada. Confira mais flashes by Marcello Holanda . Fotos oficiais Fares Rames.

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.