EFEITO PANDEMIA /

Sexta-feira, 27 de Março de 2020, 07h:00

A | A | A

Em isolamento: Fronteiras são fechadas, voos cancelados e transporte de passageiros é proibido

Muitas cidades no estado, como é o caso de Primavera do Leste, estão com os terminais rodoviários fechados


Imagem de Capa
Wellington Camuci

Em meio a pandemia de coronavírus que se espalhou pelo país e pelo mundo, vários estados começaram a fechar rodovias, portos, aeroportos, rodoviárias e fronteiras. As medidas tentam diminuir a proliferação e dificultar o contágio da doença.

Mato Grosso fechou a fronteira com a Bolívia para impedir a entrada de estrangeiros no estado. O Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron-MT), intensificou o patrulhamento em toda a faixa de fronteira do Brasil com a Bolívia.

A medida restritiva é pelo prazo de 15 dias, podendo ser prorrogado. A ação proibe a entrada de cidadãos da Bolívia, Argentina, Colômbia, República Francesa, Paraguai, Peru, Suriname e Guiana. O trabalho será desenvolvido dentro “Operação Hórus”, do Programa Vigia, do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

“Vamos aumentar nosso efetivo de policiais atuando na fronteira para cumprir a determinação do Governo Federal. Já desempenhamos um trabalho periódico de enfrentamento aos crimes transfronteiriços e agora vamos intensificar ainda mais”, afirma o comandante do Gefron, tenente-coronel da PM, Fábio Ricas.

A portaria traz algumas exceções. Fica autorizada a entrada de brasileiro, nato ou naturalizado, imigrante com prévia autorização de residência definitiva em território brasileiro, profissional estrangeiro em missão a serviço de organismo internacional, desde que devidamente identificado, funcionário estrangeiro acreditado junto ao Governo brasileiro.

A restrição de que trata esta portaria não impede o livre tráfego do transporte rodoviário de cargas, na forma da legislação vigente, a execução de ações humanitárias transfronteiriças previamente autorizada pelas autoridades sanitárias locais, o tráfego de residentes de cidades gêmeas com linha de fronteira exclusivamente terrestre.

Outra medida tomada no país em relação aos países de fronteira foi divulgada pela Agência Nacional de Transporte Terrestres (ANTT), desde o dia 18 deste mês, todas as viagens rodoviárias internacionais de passageiros estão suspensas, em decorrência da pandemia de coronavírus. A medida vale para os transportes de fretamento e semiurbano em região de fronteira, realizada por empresas brasileiras e estrangeiras. A proibição da ANTT tem vigência por 60 dias, podendo ser prorrogada.

Estados que fazem divisa com Mato Grosso também adotaram restrição. O governo do estado do Mato Grosso do Sul, no dia 21, determinou o controle sanitário em todas as divisas do estado. Ao todo, são 13 barreiras instaladas nas divisas com os estados de São Paulo, Mato Grosso, Paraná, Minas Gerais e Goiás. Nas barreiras, os agentes inspecionam ônibus e veículos medindo a temperatura dos viajantes.

O estado do Pará fechou todas as divisas terrestres, fluviais e marítimas com outros estados. O transporte interestadual de passageiros por ônibus e barcos está interrompido.

O Aeroporto Internacional Marechal Rondon em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, não fechou, porém devido aos altos números de casos em outros estados, o aeroporto acabou sendo atingido por diversos cancelamentos e atrasos. Nos últimos dias cerca de 80% dos voos previstos foram cancelados. Na terça-feira (24), por exemplo, de 74 voos previstos, 60 foram cancelados.

Muitas cidades no estado, como é o caso de Primavera do Leste, estão com os terminais rodoviários fechados para embarque e desembarque de passageiros. O governo do estado proibiu, por meio do Decreto nº 419 publicado em edição especial no Iomat de 20 de março, o transporte intermunicipal em todo o estado.

Medidas semelhantes estão sendo tomadas em outros países, na América do Sul, a Argentina, Colômbia e diversos outros países fecharam todas as fronteiras. O Paraguai, seguiu a mesma linha, fechando as fronteiras e restringindo fluxo de pessoas e veículos. A Ponte da Amizade principal ligação com o Brasil, foi bloqueada totalmente no dia 24.

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz