APRENDIZADO /

Segunda-feira, 15 de Abril de 2019, 07h:00

A | A | A

Saberes da vida

A boa vontade em aprender é fator relevante no processo de aprendizagem


Imagem de Capa
Ernesto de Sousa Ferraz Neto

Há muito que se ensinar. Há muito como ensinar. Há muito que se aprender.

O conhecimento é uma necessidade da humanidade, ele é nato do homem, que movido pela curiosidade é impulsionado às novas experiências e novas descobertas, e nesse processo, tanto ele aprende como transmite seus conhecimentos.

Os saberes que necessitamos para a lida no dia a dia, muitas vezes vêm da própria experiência de vida de cada ser humano. Mas o aprendizado requer disciplina, dedicação e disponibilidade de tempo, sem contar com os gastos excessivos com materiais didáticos, recursos tecnológicos entre outras despesas correlatas.

A boa vontade em aprender é fator relevante no processo de aprendizagem. Acredita-se que estar interessado por aquilo que se vai aprender já é por si só meio caminho andado, quando se busca ampliar os novos horizontes.

O ato de aprender significa, ainda, abrir mão de muitas coisas, pois deixamos de fazer algo do qual gostamos para nos dedicarmos ao processo de aprendizagem, e nem sempre isso depende de nós. 

Ensinar é tarefa difícil que requer, além de dedicação, a necessidade de cumplicidade: não se aprende sem motivação. A motivação deve estar em comum acordo com aquilo que se vai aprender, tanto o professor como os alunos devem estar motivados, no entanto, ambos acabam aprendendo.

Segundo o professor Luiz Carlos Menezes em um artigo publicado pela Revista Nova Escola em 2009, “os saberes são os conteúdos em si” e “[...] fazem parte de toda e qualquer cultura”. Para ele o ato de ensinar não é apenas “transferir” uma lista de conteúdos. O processo vai além, pois “ensinar é garantir que os conhecimentos façam um sentido amplo para todos os estudantes”.

Assim, o conhecimento ou “o saber” é a essência daquilo que nos foi ensinado formal ou informalmente, e é algo que ficará por toda uma vida. Há quem afirme que se trata de uma “riqueza” que não se perde.

Aprender e ensinar são processos que se completam; o primeiro se dá principalmente em razão da motivação, o segundo pela disponibilidade em querer obter novas descobertas, no entanto, para ambos é necessário estar abertos em recebê-las, sem esses desejos todo o processo fica comprometido.

O conhecimento, enquanto ferramenta para a vida é um importante instrumento que pode nos ajudar em diversos aspectos: pessoal, social, mas principalmente na área profissional, por isso, aprender novas tecnologias é primordial para sobreviver neste momento de grande competividade.

 

Ernesto de Sousa Ferraz Neto

Formado em Direito e Letras

Professor na Rede Pública do Estado de Mato Grosso

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Você foca na solução ou no problema?

O objetivo principal do ser humano é encontrar a felicidade, ela está no futuro, o desafio então é preencher a lacuna que existe entre onde você está agora e objeto de desejo

Transtorno de personalidade histriônica

As pessoas que apresentam tal transtorno são facilmente influenciadas por outros e pelas tendências momentâneas

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz