BENEFÍCIOS /

Segunda-feira, 01 de Abril de 2019, 07h:00

A | A | A

Ócio Criativo

Não se deve confundir ócio com preguiça


Imagem de Capa
Ernesto de Sousa Ferraz Neto

Ócio criativo é uma inovação na área da produtividade, a ideia foi desenvolvida pelo sociólogo italiano Domenico de Masi. Para este pensador, o futuro do trabalho na sociedade pós-industrial está marcado pela união entre estudo e lazer.

Entende-se que a expressão ócio é toda ação que se relaciona a “folga, repouso ou quietação”. Trata-se daquele “espaço de tempo em que se descansa” ou em uma linguagem mais direta: “período que não se faz nada”.

O conceito de ócio criativo foi desenvolvido em resposta à insatisfação pessoal do seu criador, diante do modelo centrado na idolatria do trabalho e competitividade.

O objetivo é demonstrar que a satisfação pessoal no dia a dia pode aumentar a criatividade, e como consequência, esta ação permite o crescimento potencial de imaginação necessário para melhorar o desempenho produtivo no trabalho.

Mas não se deve confundir ócio com preguiça, como pensa a maioria das pessoas, a principal diferença é que o ócio pode gerar produtividade e ter alguma significância; a preguiça é insignificante por si só.

Ao contrário do que muitos acreditam, ócio criativo não significa não fazer nada. Por ócio criativo deve-se entender a união entre trabalho, estudo e lazer, de forma que alguém possa experimentar a riqueza gerada pelo trabalho, o conhecimento ocasionado pelo estudo e a alegria proporcionada pelo lazer.

Sabemos que trabalhar é necessário e essencial à nossa subsistência, pois gera valores e nos permite melhorar nossa organização financeira. Só que esses valores, não são somente representados pelo poder, propriedades e dinheiro, mas sim pela capacidade de inovação, criatividade e geração de conhecimento.

Quem ama o que faz, tem o costume de afirmar que o trabalho é um ato prazeroso, e muitas vezes, não conseguem distinguir trabalho com o lazer. O resultado é um só: aqueles que são apaixonados por suas atividades, sentem prazer em realizá-las e trabalham com maior motivação e criatividade.

O ócio possibilita maior produção em razão da disponibilidade de tempo que as pessoas passam ter, e saber fazer uso da ociosidade pode trazer uma série de benefícios, inclusive no que diz respeito aos cuidados pessoais. 

 

Ernesto de Sousa Ferraz Neto

Formado em Direito e Letras

Professor na Rede Pública do Estado de Mato Grosso

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Transtorno de personalidade histriônica

As pessoas que apresentam tal transtorno são facilmente influenciadas por outros e pelas tendências momentâneas

Educar é humanizar

Ensinar requer ainda dinamicidade, tanto pelo aspecto lúdico: de diversão e prazer, quanto pelo aspecto da aprendizagem em si, com enfoque à ética

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz