EDUCAÇÃO /

Quarta-feira, 20 de Novembro de 2019, 07h:00

A | A | A

Início da psicologia

Psicologia não surgiu diretamente como uma ciência


Imagem de Capa
Beatriz G. Rufato

Psicologia começou como resultado da curiosidade dos cosmólogos para entender sobre as experiências místicas e atividades de pessoas e eventos. Estes incluem as suas experiências na vida, sonhos, vida materialista, os impulsos que têm e peculiaridades no comportamento das pessoas em diferentes situações.

Platão estava interessado em saber o papel da mente no controle do comportamento humano. Ele foi o progenitor do dualismo em psicologia. Ele considerava materiais e substâncias espirituais, o corpo e a mente como dois princípios independentes e antagônicos, mas ele não poderia esclarecer sua dúvida de forma satisfatória. Dualismo de Platão foi largamente superado por seu aluno Aristóteles, que reuniu pensamento psicológico com os estudos naturais e restaurou a sua estreita ligação com a biologia e medicina. Ele transmitiu a ideia da inseparabilidade da alma e do corpo vivo.

O termo psicologia foi encontrado pela primeira vez em livros filosóficos do século 16. Foi formada de duas palavras gregas: ‘psique’ (alma) e “logos” (Doutrina). Por alma, entende-se o princípio subjacente de todos os fenômenos da vida mental e espiritual.

As ideias modernas sobre mente e seu funcionamento foram derivadas da filosofia grega. Uma das primeiras pedras na base da psicologia como ciência foi colocada pelo médico do grego clássico Alcmeão de Crotona no século 6 aC, que propõe que, a “vida mental é uma função do cérebro”. Esta ideia fornece uma base para entender a psique humana até hoje. Os outros filósofos gregos notáveis são Hipócrates (460-370 aC), Sócrates (469-399 aC), Platão (428 / 7-348 aC) e Aristóteles (384-322 aC).

Psicologia surgiu como uma disciplina científica pelo estabelecimento do primeiro Instituto de Psicologia em 1879, em Leipzig, na Alemanha, por Wilhelm Wundt (1832-1920). É aqui que os primeiros psicólogos profissionais adquiriram as competências de trabalho experimental para estudar a mente. Wundt centrou suas experiências nas experiências conscientes e ele substituiu o conceito de espírito por consciência. Ele adotou o método de “Introspecção“.

Com o passar do tempo, o desenvolvimento da Psicologia como ciência independente tem ímpeto. Os psicólogos começaram rejeitando os diferentes métodos e abordagens baseadas em especulações e tentaram fornecer base cientifica para o assunto.

Esses esforços resultaram no surgimento de diferentes escolas de pensamento como o estruturalismo, o funcionalismo, Behaviorismo, gestaltismo, Psicanálise, Escola humanista, etc. A formulação destas escolas tem levado a várias abordagens para entender o comportamento em suas próprias maneiras.

 

Beatriz Rufato -

Psicóloga

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Principais escolas de pensamento

Geralmente, os membros de uma escola de pensamento compartilham da mesma orientação sistemática e teórica e investigam problemas semelhantes

Interação

A interação pode ainda estar ligada ao ambiente e às pessoas, e isto envolve a relação de causa e efeito, embora não de forma determinante, o meio influencia a maneira de convívio de cada pessoa

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz