SAÚDE MENTAL /

Quarta-feira, 26 de Junho de 2019, 07h:00

A | A | A

Elogiar as pessoas faz bem!

Parece insignificante, mas o elogio tem um poder transformador.


Imagem de Capa
Beatriz G. Rufato

O primeiro ponto é aprendermos a receber um elogio. Devemos “soltar nossas armas e escudos” e deixar de nos perguntar “Qual foi a real intenção de “fulano” ao me elogiar?”. Isso acontece porque não sabemos receber esse tipo de carinho, por isso sempre desconfiamos ou não acreditamos na verdade das palavras ditas e, o pior: não acreditamos que somos merecedores daquelas palavras.

A contraparte também é verdadeira: Elogiar, às vezes, pode ser muito difícil… Normalmente, somos superficiais e fazemos críticas que não agregam valor à pessoa… Quando elogiamos verdadeiramente, estamos valorizando o outro, mostrando o seu melhor. Se esta dificuldade existir, é porque estabelecemos uma “competição” velada com o nosso interlocutor: Você pode estar pensando “ Ele é bom, mas eu sou melhor do que ele…”, não deixando você ser verdadeiro consigo mesmo e com o outro.

Pense nisso: Todos nós, em algum momento da vida, recebemos uma crítica dura, não? Lembre-se de como você se sentiu… Mal, não é mesmo? Agora, lembre-se de uma situação em que você tenha recebido um elogio verdadeiro… O sentimento foi de valorização e confiança, não é verdade?

Isso acontece porque somos seres sociais, precisamos uns dos outros. E os elogios verdadeiros nos ajudam a consolidar as relações de confiança, motivando e incentivando as pessoas a praticarem o seu melhor! Por isso, é importante que os elogios feitos valorizem as reais qualidades e atitudes das pessoas, dando peso e valor aos verbos lançados.

Outro ponto que não posso deixar de falar: as críticas também fazem parte das nossas vidas. E devem receber uma atenção especial para serem “disparadas” com serenidade e brandura e para serem utilizadas de maneira construtiva. Sempre digo que as críticas são importantes, mas mais importante do que as flechas, é o “pote de mel” que você deve ter consigo para “molhar” a ponta da flecha, antes de atirá-la…

Pense nisso! Elogiar faz bem para a alma e para o coração… Tanto de quem faz, como de quem recebe…

Aliás, você já fez um elogio verdadeiro hoje?

Beatriz Rufato

Psicóloga

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz