FESTIVAL VELHA JOANA /

Quarta-feira, 07 de Novembro de 2018, 09h:10

A | A | A

Com quantas gerações se constrói a cultura artística numa cidade?

Proposição artística: “O beijo da lua”. Grupo Primitivos (MT)


Imagem de Capa
Thereza Helena

O grupo teatral Primitivos, terceira geração do grupo Faces de Primavera do Leste, remonta “O Beijo da lua”, espetáculo de estreia de seus precursores. Com esse gesto, parecem reverenciar o trabalho dos artistas que vieram antes, como que entendendo que a cultura artística numa cidade é um exercício de construção permanente que requer muita coragem para mudar paradigmas e expandir a ocupação de espaço.

Na remontagem, para contar a história de Naiá, uma jovem indígena que se apaixona por Jaci - a lua, o grupo recontextualiza a lenda do surgimento da Vitória Régia, deslocando o romance do casal da floresta para a cidade. Nesse movimento, as árvores dão lugar para grandes andaimes que lembram os arranha-céus das metrópoles, fazendo com que o cenário se monte e se remonte na nossa frente, revelando inúmeras possibilidades de composições visuais, explorando o trabalho em vários planos de altura.

A ousadia da proposta se completa com o trabalho de corpo dos atores, que coloca em cena uma movimentação vigorosa repleta de saltos, escaladas e rolamentos, com os quais eles se deslocam de andaime em andaime enquanto recontam a lenda indígena.

Na nova versão, além da flexibilidade corporal, a equipe traz referências ao hip hop, ao modo de falar urbano com gírias atuais, conferindo à produção o caráter juvenil próprios do universo de quem os realiza. Esses indicadores apontam o desejo de construir uma relação de pertencimento desses jovens com as problemáticas dos povos originários.

Quanto a isso, junto ao elogio da importância política de voltar os olhos para esse tema, dado ao risco histórico de uma possível junção dos ministérios da agricultura e do meio ambiente, lanço uma provocação: o que poderiam esses jovens se radicalizassem os desdobramentos da invisibilidade indígena em Mato Grosso, eles que esbanjam joelhos saudáveis e energia para uma revolução?

 

Texto escrito para o site Parágrafo Cerrado a partir da programação do XII Festival Velha Joana, em Primavera do Leste (MT), no período de 01 a 11 de novembro de 2018

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Vingança não é justiça

“Os dias passam lentos, as horas machucam como espinhos, mas eu tenho força e confio na chegada da justiça.” - Anônimo

Fé na Luta

Nos ajudem a construir a sociedade que sonhamos...com coragem e humanidade!!!

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

26/06 - Em cerimônia pontuada por bom gosto e emoção na Igreja Matriz, Thayara Rodrigues & Duan Pilonetto receberam a bênção matrimonial no último sábado, 22. Impecavelmente vestida pelo estilista mais famoso do Brasil, Lucas Anderi, a noiva emocionou os convidados logo antes da sua entrada com depoimento para o noivo. Já ele usava um terno Camargo, sendo que o estilista fez questão de colocá-lo em suas redes sociais. Com um flashmob feito pela Musique Casamentos, cantores e violinos surgiam entre os convidados enquanto as alianças eram conduzidas pela avó da noiva ao altar. Queima de fogos iluminaram a noite ao final da cerimônia religiosa. O salão do Centro de Eventos Primacredi foi transformado com suntuosa decoração por Anna Carolina para receber o em torno de 500 convidados para a celebração da boda. O buffet sempre agradável de Dulce Aguiar, (Roo) servia de volantes como as panelinhas quentes até um buffet de comida japonesa requintado, na ímpar noite que foi adoçada pelas receitas de Claudete Zandoná. A animação da festa ficou a cargo da Banda Bis de Cuiabá, além do receptivo da Musique com apresentação do Brass Live durante a festa que foi até as 6 da manhã. Um dos pontos altos da noite foi a surpresa feita pelos padrinhos que interromperam o final da apresentação dos noivos, surpreendendo com todas as músicas que os recém casados gostam e fazendo a festa já pegar fogo, mais uma das brilhantes ideias do Cerimonial Fabiano Fernandez que produziu e atendeu todo o evento com a mesma maestria de sempre, já conhecida e aprovada. Confira mais flashes by Marcello Holanda . Fotos oficiais Fares Rames.

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.