REFLEXÃO /

Sexta-feira, 28 de Junho de 2019, 07h:00

A | A | A

Auto Performance

O esforço só vence o talento quando o talento não se esforça. ” Joel Moraes


Imagem de Capa
Luciene Afonso

Desenvolver-se em algo que você faz hoje de maneira mediana e sem destaques, buscando clareza no propósito e satisfazendo a necessidade pessoal de evolução, esta seria uma boa definição de auto performance, note que eu não afirmei que é a única.

A pergunta que eu te faço neste momento é: O quanto você tem dedicado o seu tempo a desenvolver-se?

Honestamente, eu não acredito em pessoas que dizem querer muito atingir determinado objetivo, mas não se dispõe a pagar o preço da conquista. Sem dor não há ganhos, isso é um fato, todos temos um grande potencial embora a maioria ainda não se atentou para isso e não se desenvolve. Focar nesse propósito é um favor que fazemos a nós mesmo e principalmente para o universo!

No que você é bom? Em qual atividade se destaca e tem orgulho de si mesmo?

A resposta está em você, se quiser descobrir basta silenciar o barulho criado pelas histórias que inventou para não levantar e fazer!

Existem tantas oportunidades de aprendizados e a própria vida nos traz a todo momento vários caminhos onde poderá seguir agregando valor ao seu talento natural. Invista em cursos, livros, palestras, workshops, grupos de amigos com o mesmo propósito, etc. Pague literalmente o preço pelo seu crescimento e não permaneça a margem daqueles que não realizam e querem receber tudo mastigado. Cresce na vida quem aceita partilhar sua vivência e compartilhar os seus ganhos com o próximo, muitas vezes sem receber nada em troca.

Até mesmo no seu ambiente de trabalho para merecer permanecer no emprego tem que se mostrar produtivo e motivado. Quantos vendedores, por exemplo, atuam a mais de 20 anos e hoje se veem perdidos devido as mudanças do mercado? O Bom, Bonito e Barato já não conquista mais.

Aí surgem alguns questionamentos: Neste período quantos cursos ele deve ter realizado? Quais investimentos materiais e imateriais fez em si mesmo para atender com excelência a sua demanda?

Porque parece muito fácil reclamar do novo funcionário da empresa e chama-lo até de puxa-saco porque ele se destaca mais que o antigo campeão de vendas. O que acontece é que alguns investem em si mesmo para atingir a auto performance e os resultados são tão satisfatórios que ultrapassam as metas medianas da grande maioria, isso não costuma agradar os procrastinadores.

Se isso valeu para você, aceita que dói menos. Aceita que os seus resultados pessoais e profissionais são hoje e serão para sempre proporcionais ao seu esforço, que independente do que você já conseguiu realizar poderá fazer muito mais se for diligente com os propósitos estabelecidos. Definir as metas mais altas que puder e traçar um plano bem definido para conquistar cada uma delas

Como acontece no processo de coaching *CIS, que através de uma condução lógica e cognitiva é traçado um plano de ação que parte de onde você está, com a devida tomada de consciência e honestidade com seus resultados atuais, até o ponto que deseja chegar. Durante o trajeto é montado estrategicamente um plano de ação que visa neutralizar fatores que te impedem de agir em direção à realização dos seus objetivos ao mesmo tempo que fortalece as suas potencialidades.

É claro que isso tudo tem que fazer sentido primeiro para você porque viver para superar as expectativas dos outros é uma excelente estratégia de auto sabotagem. A ideia aqui é que você desenvolva em si a auto performance que nada mais é do que potencializar as suas qualidades a ponto de você fazer sempre o melhor que pode.

*Coaching Integral Sistêmico

 

Luciene Afonso

Master Coach

Jornalista

Palestrante

Analista de Perfil Comportamental

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz