Tecnologia /

Domingo, 01 de Dezembro de 2019, 09h:30

A | A | A

Games e educação: como o Minecraft ensinou crianças sobre tragédias ambientais

arrow-options Reprodução/Facebook/Minecraft Minecraft é usado para aprendizado Games  na sala de aula? Essa foi a proposta dos pedagogos do Colégio...


Imagem de Capa

Olhar Digital

minecraft arrow-options
Reprodução/Facebook/Minecraft
Minecraft é usado para aprendizado


Games  na sala de aula? Essa foi a proposta dos pedagogos do Colégio Marista Glória, em São Paulo, que usaram o jogo  Minecraft  para recriar o desastre de Brumadinho  com alunos do 3º ano do ensino fundamental. Com idades entre sete e oito anos, os alunos conseguiram compreender, por meio do jogo, os impactos naturais e sociais decorrentes do rompimento da barragem.

A atividade simulou no Minecraft as consequências da tragédia para a biodiversidade e estimulou as crianças a pensarem em soluções para a área impactada. O ensino por meio de jogos ajuda a excitar a imaginação das crianças e pode ser um poderoso aliado no aprendizado. “A tecnologia fornece alguns meios para amparar o professor, facilitando essa mediação e dando suporte para que ele possa atuar com cada aluno em seu desenvolvimento”, afirmou João Carlos Rodrigues de Sino, responsável pela Tecnologia Educacional do Colégio Marista Glória.

Leia também: Conheça 5 jogos apresentados na BGS que podem te ajudar a aprender inglês

O Colégio Marista Glória afirmou que usa, cada vez mais, jogos como Minecraft no ensino dos alunos. Essa prática mostra como é possível aprender despertando curiosidade e interesse, sobretudo na fase lúdica que os alunos se encontram.

O rompimento da barragem de Brumadinho ocorreu dia 25 de janeiro deste ano, resultando em um dos maiores desastres ambientais do país. Além do impacto para a biodiversidade local, a catástrofe deixou mais de 220 mortos, inúmeros desaparecidos e impactos no desenvolvimento da região.

Educadores acreditam que trabalhar essas questões logo na infância podem despertar comportamentos ligados à preservação ambiental .

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz