Internacional /

Quinta-feira, 05 de Dezembro de 2019, 18h:30

A | A | A

Líderes do Mercosul se reúnem nesta quinta no Rio Grande do Sul

arrow-options Alan Santos/PR Bolsonaro e sete ministros estão em Bento Gonçalves para a cúpula do Mercosul Líderes e representantes políticos de países...


Imagem de Capa
Bolsonaro com Onyx Lorenzoni e Ernesto Araújo ao chegar para a cúpula do Mercosul arrow-options
Alan Santos/PR
Bolsonaro e sete ministros estão em Bento Gonçalves para a cúpula do Mercosul

Líderes e representantes políticos de países sul-americanos irão se reunir nesta quinta-feira (5), em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, para a 55ª Cúpula do Mercosul . Como o Brasil exerce a presidência rotativa temporária, Jair Bolsonaro será o anfitrião da cúpula. 

Leia também: Trump chama primeiro-ministro canadense de 'duas caras'

A reunião plenária dos líderes começou pouco depois das 11h30, mas as expectativas do encontro são baixas, já que a América Latina enfrenta uma situação de tensão com protestos massivos, além de troca de governos e eleições.

Em seguida à plenária, os chefes de Estado assinarão acordos diplomáticos sobre proteção mútua de indicações geográficas, cooperação policial na fronteira, transporte de produtos perigosos, serviços financeiros, defesa do consumidor e reconhecimento recíproco de assinaturas digitais. Os representantes dos países do bloco devem tratar também sobre desenvolvimento sustentável, turismo, combate a crimes transnacionais e à corrupção e a agenda de enxugamento do Mercosul.

Quem participa do encontro

Bolsonaro e Mario Abdo arrow-options
Alan Santos/PR
Bolsonaro e Mario Abdo tiveram um encontro bilateral nesta quinta-feira (5)

Formado oficialmente por Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai, e com outros países da região com o status de associados, o Mercosul foi estabelecido pelo Tratado de Assunção em 1991 para promover integração econômica .

Maurício Macri, que ficará na Presidência da Argentina até 10 de dezembro, irá a Bento Gonçalves como um de seus últimos compromissos oficiais no exterior. O paraguaio Mario Abdo também confirmou presença. O Uruguai enviará a vice-presidente, Lúcia Topolansky, já que o presidente Tabaré Vázquez, m fim de mandato, foi diagnosticado com câncer.

O Chile, que enfrenta uma onda de protestos, deve enviar um representante do Ministério das Relações Exteriores, uma vez que o presidente Sebastián Piñera está empenhado em resolver a crise doméstica. A Bolívia está em processo de adesão ao Mercosul, mas também enfrenta uma crise política que culminou com a renúncia do presidente Evo Morales. Como anfitrião, o Brasil convidou o governo interino de Jeanine Añez, que pretende enviar um representante.

Suspensa do Mercosul, a Venezuela foi o único país da América do Sul não convidado pelo Brasil para a cúpula.

Leia também: Greve geral deixa Paris e outras cidades da França paralisadas e 'desertas'

Agenda do encontro

Bolsonaro chegando em Bento Gonçalves arrow-options
Alan Santos/PR
Bolsonaro chegou a Bento Gonçalves na manhã desta quinta e deixará a cidade no mesmo dia

O presidente Jair Bolsonaro chegou na manhã desta quinta em Bento Gonçalves. Assim que chegou em andou pela cidade e, em seguida, participou de uma reunião bilateral com o presidente paraguaio Mario Abdo para discutir um acordo automotivo entre os países.

Na quarta-feira (4) aconteceu um encontro preparatório dos ministros de Relações Exteriores que fazem parte do Conselho do Mercado Comum (CMC) e a entrega do relatório com as principais ações do bloco sob a presidência pro tempore do Brasil, como as negociações do acordo de livre comercio com a Associação Europeia de Livre Comércio (EFTA).

Sete ministros integram a comitiva presidencial: Paulo Guedes (Economia), Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Ernesto Araújo (Relações Exteriores), Tereza Cristina (Agricultura Pecuária e Abastecimento), Fernando Mandetta (Saúde), Osmar Terra (Cidadania) e o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

Leia também: Comissão convoca Weintraub para esclarecer fala sobre maconha em universidades

Logo após a reunião de cúpula do Mercosul , haverá uma cerimônia de plantio das vinhas e, em seguida, Bolsonaro oferece almoço aos participantes do encontro. No início da tarde, também está prevista uma declaração à imprensa. O presidente brasileiro deve deixar Bento Gonçalves às 17h e vai ao Rio da Janeiro para assistir ao jogo Flamengo x Avaí, no Maracanã.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz