Internacional /

Quinta-feira, 16 de Maio de 2019, 12h:57

A | A | A

"Eles ganharam. Não me meto mais na política brasileira", diz Olavo de Carvalho

Reprodução/TV Globo Olavo de Carvalho disse que o 'Brasil escolheu o seu caminho' e que irá ficar 'quietinho' agora; entenda a polêmica Conhecido...


Imagem de Capa
Olavo de carvalho
Reprodução/TV Globo
Olavo de Carvalho disse que o 'Brasil escolheu o seu caminho' e que irá ficar 'quietinho' agora; entenda a polêmica

Conhecido por ser o guru intelectual do presidente Jair Bolsonaro, o escritor Olavo de Carvalho avisou nesta quarta-feira (15) que vai se ausentar, pelo menos temporariamente, do debate político brasileiro. A decisão se dá logo após intensas discussões entre o filósofo, apoiado pelos filhos do presidente, e integrantes da ala militar que apoia o governo Bolsonaro.

Leia também: Desocupado é o ânus do Olavo, que foi substituído pela boca, diz general Chagas

Para Olavo de Carvalho , o debate político no País "se tornou uma coisa absolutamente insustentável". Além disso, o Brasil teria "escolhido seu caminho" ao não apoiá-lo integralmente e, por isso, o filósofo teria decidido por se calar – pelo menos, por enquanto. 

"Eles querem me tirar da parada? Tiraram. Eu vou ficar quietinho agora, não me meto mais na política brasileira. O Brasil escolheu o seu caminho. Escolheu confiar em pessoas que não merecem a sua confiança e, agora, vai se danar", disse. "Evidentemente, vai virar um entreposto da China. É esse o sonho de todos eles. Cortar relações com os Estados Unidos e Israel e ficar do lado chinês. É isso que eles querem", afirmou.

As declarações de Olavo foram feitas durante uma entrevista a um site de direita. Na ocasião, o filófoso ainda criticou militares que atuam no Planalto, como o ministro da Secretaria de Governo Santos Cruz, e disse que eles "ganharam". "Podem ficar com o Brasil. O Brasil é seu", disse.

Leia também: Ex-comandante do Exército rebate ataques de Olavo: "Trótski de direita"

Apesar das polêmicas envolvendo seu nome e pontuando seus apoiadores, o chamado guru intelectual do presidente negou que exista um grupo "olavista" dentro do governo. "Esses generais loucos como o Santos Cruz e esses jornalistas loucos inventaram o grupo olavista. E dizem que o grupo olavista está dentro do governo e tem poder. Ora, eu não tenho contato nenhum com essas pessoas", declarou.

O escritor acredita ainda que "taparam" a boca dele e, por isso, o Brasil será governado por Santos Cruz. Nos últimos dias, Carvalho publicou uma sequência de postagens no Twitter ofendendo e criticando o ministro de Bolsonaro – inclusive chamando-o de "merda". 

Ainda nessa sequência recente, suas críticas à ala militar de Bolsonaro respingaram sobre o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, e o ex-comandante do Exército e assessor do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) general Eduardo Villas Bôas.

Sobre esse último, Olavo de Carvalho afirma não tê-lo ofendido, apesar de tê-lo chamado de " doente preso a uma cadeira de rodas ". "Ora, dizer que um homem doente paralisado na cadeira de rodas está doente paralisado na cadeira de rodas é ofendê-lo? Ora, que porcaria é essa?", indagou o filósofo.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

26/06 - Em cerimônia pontuada por bom gosto e emoção na Igreja Matriz, Thayara Rodrigues & Duan Pilonetto receberam a bênção matrimonial no último sábado, 22. Impecavelmente vestida pelo estilista mais famoso do Brasil, Lucas Anderi, a noiva emocionou os convidados logo antes da sua entrada com depoimento para o noivo. Já ele usava um terno Camargo, sendo que o estilista fez questão de colocá-lo em suas redes sociais. Com um flashmob feito pela Musique Casamentos, cantores e violinos surgiam entre os convidados enquanto as alianças eram conduzidas pela avó da noiva ao altar. Queima de fogos iluminaram a noite ao final da cerimônia religiosa. O salão do Centro de Eventos Primacredi foi transformado com suntuosa decoração por Anna Carolina para receber o em torno de 500 convidados para a celebração da boda. O buffet sempre agradável de Dulce Aguiar, (Roo) servia de volantes como as panelinhas quentes até um buffet de comida japonesa requintado, na ímpar noite que foi adoçada pelas receitas de Claudete Zandoná. A animação da festa ficou a cargo da Banda Bis de Cuiabá, além do receptivo da Musique com apresentação do Brass Live durante a festa que foi até as 6 da manhã. Um dos pontos altos da noite foi a surpresa feita pelos padrinhos que interromperam o final da apresentação dos noivos, surpreendendo com todas as músicas que os recém casados gostam e fazendo a festa já pegar fogo, mais uma das brilhantes ideias do Cerimonial Fabiano Fernandez que produziu e atendeu todo o evento com a mesma maestria de sempre, já conhecida e aprovada. Confira mais flashes by Marcello Holanda . Fotos oficiais Fares Rames.

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.