Internacional /

Domingo, 08 de Dezembro de 2019, 18h:30

A | A | A

Bolsonaro não mandará ministro à posse do novo presidente argentino, diz jornal

arrow-options Valter Campanato/ABr Osmar Terra com Bolsonaro O encontro de Rodrigo Maia e políticos brasileiros do DEM, PT e PCdoB com o presidente...


Imagem de Capa
homens sorrindo arrow-options
Valter Campanato/ABr
Osmar Terra com Bolsonaro

O encontro de Rodrigo Maia e políticos brasileiros do DEM, PT e PCdoB com o presidente eleito da Argentina Alberto Fernández teria motivado o presidente Jair Bolsonaro a cancelar a ida do ministro da da Cidadania Osmar Terra à posse do novo presidente, marcada para a terça-feira (10).

Segundo o jornal argentino Clarín, que cita “fontes diplomáticas”, o encontro entre brasileiros e Fernández teria irritado Bolsonaro . Na comitiva de Maia estavam presentes Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), Paulo Pimenta (PT-RS), Baleia Rossi (MDB-SP), Elmar Nascimento (DEM-BA), Orlando Silva (PCdoB-SP), Sérgio França (embaixador do Brasil na Argentina) e Marcelo Dantas, assessor de Maia.

Leia também: “A sociedade nunca vai ficar satisfeita”, diz Maia sobre fundo eleitoral

O jornal considerou a ida de Maia à Argentina como uma forma de colocar "panos frios" na relação entre Brasil e Argentina , abalada desde que o candidato kirchnerista ganhou as eleições. A falta de um representante brasileiro na posse, porém, poderia trazer a tensão de volta. Nenhuma declaração oficial da presidência foi dada a respeito do assunto.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz