propaganda

CONCURSO /

Terça-feira, 15 de Dezembro de 2020, 06h:30

A | A | A

Por que muitos desistem de estudar para concurso logo no começo?

Entenda um detalhe que muitas vezes pode lhe tirar do caminho e você nem percebe.


Imagem de Capa
Leonardo Baird

A maioria dos leitores desse artigo devem se lembrar do primeiro dia em que foram a uma academia de musculação, ginástica, cross fit, ou seja lá qual atividade física você pratique com frequência.

 

Quem não se lembra dos primeiros dias onde, pós treino, vem aquela dor insuportável e temos vontade de desistir e não voltar mais a aquele ambiente que lhe levou ao estresse.

O que nem tudo mundo sabe é que a dor causada pode ocorrer da alta intensidade, da forma errada de se fazer o exercício ou até mesmo pela falta de costume muscular com tal movimento.

Mesmo assim, muitas pessoas sabendo ou não, acabam por desistir de ir à academia nos primeiros dias, embora existam aqueles que se adaptem e, ao mudar posturas e formas de execução do exercício, continuam porque acreditam no resultado.

Estudar para Concursos não é muito diferente!!!

Saiba que, ao estudar sozinho, você tem que ter a noção da intensidade tempo de estudo versus a intensidade dos exercícios que você irá resolver.

Por exemplo: quem está iniciando os estudos para o seu primeiro concurso não pode (pelo menos não deve) estudar 8 horas diárias todos os dias, com questões de alto nível de dificuldade, pois é bem provável que nas primeiras frustrações (como nas dores musculares) o aluno tenha vontade de desistir, achando que ele em si não tem futuro na área de concursos.

Ou seja, a gradação e a rotina são chaves desde os primeiros passos.

Muito menos deve o aluno usar questões de bancas diferentes, para cargos diferentes, quando se tem disponíveis questões recorrentes de concursos passados – ou seja, a forma de execução, o tipo de exercício, tem que ser compatível com o objetivo do aluno!

No próximo artigo iremos comentar sobre a importante função do professor, nos primeiros passos, rumo a sua aprovação!

 

Não percam.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Caso a vacina para a Covid-19 seja liberada no Brasil, você pretende tomar?
Sim, se for a Chinesa
Sim, se for a Russa
Sim, se fosse outra
Nem pensar
Não tenho opinião formada sobre o assunto