Política Cuiabá /

Sexta-feira, 16 de Agosto de 2019, 19h:30

A | A | A

Secretário faz explanação sobre previdência do município

Uma equipe do Cuiabá-Prev (Instituto Municipal de Previdência Social) esteve reunida com servidores da Câmara Municipal de Cuiabá, no Plenário Ana...


Imagem de Capa
Uma equipe do Cuiabá-Prev (Instituto Municipal de Previdência Social) esteve reunida com servidores da Câmara Municipal de Cuiabá, no Plenário Ana Maria do Couto, na manhã desta sexta-feira (16), com a finalidade de fazer uma explanação sobre a atual situação da entidade previdenciária do município.
O Cuiabá-Prev conta com pouco mais de 9.400 contribuintes beneficiários. Desse total, apenas&nbsp 88 são servidores da Câmara. Os demais estão ligados à Prefeitura Municipal. Somente os servidores efetivos contribuem para o Cuiabá-Prev, os&nbsp comissionados e vereadores contribuem para o INSS.
A Câmara repassa mensalmente ao instituto, pouco mais de R$ 220 mil reais. O secretário-adjunto de Previdência, Fernando Jorge Mendes Oliveira, que fez a explanação, mostrou números bastante favoráveis, ressaltando que a previdência cuiabana possui uma situação, não só confortável, mas também de destaque frente a maioria dos institutos existentes no país.
As provas de prestígio estão refletidas nos certificados conquistados. Dentre outros, possui o certificado ISO-9001, conferido pelo ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), em 2015. E o Cuiabá-Prev foi o primeiro instituto no Brasil a receber o prêmio Pró-Gestão. No país todo, apenas outros 31 institutos previdenciários receberam essa premiação, do mais de 2000 em funcionamento. Em Mato Grosso, somente Cuiabá e Lucas do Rio Verde, tiveram esse reconhecimento.
O instituto previdenciário do município nasceu como Ipemuc (Instituto de Previdência do Município de Cuiabá), em 1990, que operava mais em âmbito assistencialista. Em 2004 foi criado o Cuiabá-Prev, como autarquia. A atual configuração de fundo previdenciário foi implementada em 2015.
Fernando explicou que decisões no Cuiabá-Prev passam por colegiados como o Conselho Previdenciário que é formado por 9 servidores, sendo 5 eleitos pela classe (3 da ativa, 2 dos inativos), e outros 4 indicados (2 pelo Executivo, 2 pelo Legislativo), para um mandato de 2 anos.
Existe também o Comitê de Investimento, formado por 5 membros, indicados pelo Executivo. A partir de 2015, o Cuiabá-Prev está subordinado ao Poder Executivo. Fernando disse que uma das principais conquistas da atual gestão do instituto é a digitalização dos processos. Hoje os dados da previdência municipal estão na palma da mão, com isso o Prefeito tem condições de não só acompanhar a tramitação de processos como assinar uma aposentadoria do seu gabinete. Em última análise, “isso elimina papéis e dá muito mais celeridade”, arremata Fernando.

Etevaldo de Almeida | Câmara Municipal de Cuiabá



Imprimir Voltar Compartilhar:  
</div

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz