Cuiabá /

Domingo, 23 de Fevereiro de 2020, 11h:31

A | A | A

Programa reduz ocorrências no entorno de unidades educacionais de Cuiabá

Jorge Pinho Clique para ampliar Em apenas dois anos, o Programa Educacional de Enfretamento e Repressão às Drogas e Violência...


Imagem de Capa

Em apenas dois anos, o Programa Educacional de Enfretamento e Repressão às Drogas e Violência (Proerd), registrou uma redução média de 66% de ocorrências nas escolas e, em especial, no entorno delas. Em Cuiabá, o o Proerd atende alunos da rede pública municipal de Ensino, por meio da parceria entre a Prefeitura, a Secretaria de Educação e a Polícia Militar de Mato Grosso e, junto com outros programas e ações desenvolvidas na rede pública municipal de Ensino, visam a formação integral dos alunos, como o Programa Escola da Inteligência, o Bom de Bola, Bom de Escola, o Sem Plateia não tem Bullying, entre outros. No Proerd as atividades estão focadas na autoestima das crianças e na abordagem de temas como drogas, bullying, violência física, direitos e deveres.

Recentemente, a Coordenação Estadual do Proerd realizou uma pesquisa nas principais cidades atendidas pelo programa ao longo dos últimos dez anos em Mato Grosso. “A base do programa está voltada para crianças entre 09 e 11 anos de idade, ou seja, crianças que na sua maioria não tiveram contato com as drogas. Por meio do programa elas são apresentadas ao modelo de trabalho “sócio emocional” cujo preceito é a tomada de decisão assim, desenvolvemos atividades de fortalecimento das relações entre Escola, Polícia e Família”, destacou o Ten Cel PM Darwin Salgado Germano.

Para a coordenadora de Programas e Projetos da Secretaria Municipal de Educação, Jane Regina da Silva Costa, o impacto positivo do Proerd faz com que as crianças e em especial os jovens na faixa etária dos 15 e 16 anos, não venham a se envolver em delitos e façam escolhas seguras.

Segundo a pesquisa, em Cuiabá, onde o programa foi implementado em 2017, em apenas 02 anos (2018 e 2019) foram formados 9.810 (nove mil oitocentos e dez) alunos.

Outro ponto de destaque é o perfil dos formandos, ou seja, alunos da rede pública municipal, estadual e rede privada com das séries iniciais, 3º ano (fundamental), 5º ano e 7º ano do (ensino básico).

Para Jane Regina, a expectativa para o reinicio das atividades é positiva. “O Programa está capacitando novos monitores e, nossa expectativa com isso é atender um numero maior de alunos da rede pública municipal de Cuiabá”, disse ela.

Em Cuiabá, as atividades do Proerd serão retomadas a partir do mês de março com crianças de 3 anos, de 10 a 15 unidades escolares. Nos meses de abril a junho, será a vez dos alunos na faixa etária de 7 anos e no segundo semestre, as crianças de 5 anos.

Proerd

O Proerd é uma ação preventiva, baseada no Programa Norte Americano DARE – Drugs Abuse Resistence Education, criado em 1983, por duas pedagogas.

A ação, conjunta envolve policiais militares, professores, especialistas, estudantes, pais e a comunidade, visando a prevenção e a redução do uso indevido de drogas e a violência entre estudantes, ajudando as crianças e adolescentes a reconhecerem as pressões e, a partir daí, a resistirem a elas.

A integração social é o princípio que orienta as atividades desenvolvidas em 10 lições onde são abordados temas como cidadania, técnicas para resistir as pressões e ao uso de drogas, prevenção contra a violência, maneiras de lidar com o stress, promoção de autoestima e tomada de decisões responsáveis.

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz