Cuiabá /

Terça-feira, 15 de Outubro de 2019, 20h:30

A | A | A

Empresa contemplada pelo Pró-Cuiabá passa por vistoria

Clique para ampliar Beneficiada pelo programa de isenção fiscal Pró-Cuiabá, uma empresa de recapagem de pneus passou por...


Imagem de Capa

Beneficiada pelo programa de isenção fiscal Pró-Cuiabá, uma empresa de recapagem de pneus passou por vistoria da equipe da Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, na última semana. A previsão é de que a indústria, já instalada no Distrito Industrial de Cuiabá, abra as portas até o final do mês.

De acordo com a titular da Pasta, Débora Marques, a visita técnica está prevista na legislação e tem como objetivo garantir o cumprimento das obrigações empresariais estabelecidas pelo projeto. “Ao nos aproximarmos desses empreendimentos, visamos à contrapartida de investimentos em Cuiabá”, explica.

Com descontos em impostos que variam de 50% a 100%, por períodos entre três e 10 anos, o programa fomenta a geração de emprego e renda na cidade. O valor do benefício é diferente para cada empresa, podendo variar de acordo com seu porte, área de atuação e quantidade de postos de trabalho gerados.

Débora lembra que o projeto passa por reestruturação e tem ganhado reforço na divulgação. Ela também fala sobre a possibilidade de beneficiamento de empresas locais que possuem projetos de expansão. Os interessados podem procurar a Secretaria, onde serão dados todos os encaminhamentos.

“Estes esforços fazem parte do plano de gestão do prefeito Emanuel Pinheiro que tem atuado para facilitar a chegada de novos investidores à Capital. Recentemente, a cidade foi considerada uma das 15 melhores do país para empreender. Subimos três posições em comparação ao último ano e temos trabalhado para subir ainda mais”, diz.

Neste contexto acesso ao Sine Municipal também é facilitado. Assim, as empresas que venham a se instalar na cidade ou que já estão aqui podem disponibilizar suas vagas em um vasto cadastro de profissionais. “É o nosso R.H. Ali são feitos os filtros específicos para cada vaga e perfil de contratado.”

Para a solicitação do benefício scal, a empresa terá que apresentar um projeto de investimento que será analisado por uma comissão técnica formada pelas secretarias municipais envolvidas na sua concessão. Todos os trâmites e cadeias beneficiadas estão especificados na Cartilha Pró-Cuiabá, que pode ser acessada aqui.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz