INFRAESTRUTURA /

Segunda-feira, 29 de Junho de 2020, 15h:55

A | A | A

Veículos e equipamento são entregues à Secretaria de Obras e Viação

Equipamentos melhora a qualidade dos serviços ofertados à população e proporcionar mais economia.


Imagem de Capa
Assessoria de Imprensa

O prefeito de Campo Verde fez na manhã desta segunda-feira (29), a entrega de equipamentos à Secretaria Municipal de Obras e Viação que vão melhorar a qualidade dos serviços ofertados à população e proporcionar mais economia aos cofres públicos.

 

Um dos veículos entregues foi um caminhão equipado com braço hidráulico e cesto aéreo para o setor de manutenção do sistema de iluminação pública, que passa a contar a partir de agora com duas equipes.

O veículo e o equipamento custaram R$ 347 mil e foram adquiridos com recursos do Município arrecadados por meio da taxa de iluminação pública. “Sempre que a gente tem serviço para realizar, demanda de pessoas e de equipamentos”, justificou o prefeito.

De acordo com o prefeito, o investimento vai garantir uma cidade melhor iluminada e um tempo de resposta mais curto na realização de reparos no sistema. “Com duas equipes a gente vai poder atender melhor tanto a cidade como a zona rural, então é mais um ganho para a população de Campo Verde”, frisou.

Também foi entregue à SMOV uma prancha-reboque para o transporte de veículos e maquinários, que foi comprada com recursos do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (FETHAB), custou R$ 142 mil.

entrega-prancha-e-carreta-435x290.jpg

 

Para Teruel, o novo reboque representa economia para o Município. “Até porquê, o aluguel dessas pranchas para a Prefeitura se torna um pouco caro e agora com a aquisição dessa prancha já não temos mais esse gasto”, frisou. “É uma economia a mais que a Prefeitura vem fazendo tanto para o Poder Público quanto para a população”, completou.

Teruel destacou que, com a prancha para o transporte, o deslocamento de motoniveladoras, pás-carregadeira e escavadeiras hidráulicas se torna mais rápido e proporciona menos desgaste ao maquinário, que, segundo ele, não foi fabricado para rodar longas distâncias.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz