AGRO /

Segunda-feira, 15 de Abril de 2019, 15h:42

A | A | A

Programa de Sucessão Familiar abre vagas para Campo Verde

Primeiro módulo terá início nesta terça-feira, 16, Ainda há vagas. As Inscrições são gratuitas.


Assessoria SRCV
Imagem de Capa
Assessoria SRCV

O Sindicato Rural de Campo Verde está com as inscrições abertas para o programa de Sucessão Familiar promovido pelo Senar-MT, que tem como objetivo capacitar proprietários de empresas do agronegócio e seus herdeiros para lidarem com os desafios da longevidade das empresas familiares, com ênfase nos processos de governança e gestão.

O primeiro módulo será realizado na segunda quinzena de abril, em data a ser confirmada. O cronograma prevê oito encontros semanais, totalizando carga horária de 64 horas.

O programa será desenvolvido combinando as teorias de governança com a realidade da tomada de decisões nas empresas rurais. As sessões serão voltadas para o desenvolvimento de atitudes e padrões de comportamento. O curso terá atividades variadas, envolvendo exposições dialogadas, integrando conceitos e estudos de casos práticos da realidade brasileira.

No último dia 26, uma palestra com o tema foi ministrada na sede do Sindicato Rural de Campo Verde. Produtor rural há 39 anos em Campo Verde, Irineu Stein foi um dos participantes, juntamente com a filha, Cristiane Stein.

Para ele, que ainda tem outro filho, é muito importante discutir sucessão familiar. “Vejo mais herdeiros que sucessores. Tenho visto muitas propriedades se acabarem depois do falecimento de quem tocava. O patrimônio se divide e enfraquece. Muitas vezes os pais não dão espaço, outras vezes os filhos é que não querem saber. Ao mesmo tempo, também vejo muitos buscando se integrar ao negócio, serem sucessores mesmo”, comenta Irineu.

Com os dois filhos atuando juntos no negócio da família, ele aconselha que quem toca a propriedade deve unir a todos, trazer os filhos para junto das decisões, dar espaço para que todos possam ter um trabalho ali. “Temos muito mais chance de ter sucesso estando juntos do que separados”, conclui.

Marina Panice tem 31 anos, é veterinária, mas deixou de lado a profissão para cuidar das demandas administrativas e financeiras da propriedade da família. Seu pai, Sebastião Panice, é produtor rural há 42 anos em Campo Verde.

Ela conta que chegou a trabalhar por algum tempo como veterinária, mas a proximidade com o negócio da família falou mais alto. “As demandas foram crescendo muito, a burocracia sempre aumentando. Antes, era meu pai quem fazia tudo, mas chegou uma hora em que não dava mais”, comenta.

Ela relata que tem visto muitas pessoas de sua geração interessadas em dar sequência às atividades rurais da família. “Estou buscando qualificação porque não quero ser uma herdeira, quero ser sucessora”, pontua Marina.

O Programa de Sucessão Familiar é gratuito e tem vagas limitadas. Podem se inscrever fundadores e sucessores e propriedades rurais, com idade mínima de 16 anos. Mais informações e inscrições no Sindicato Rural com o Adair 3419-2111 ou 98437-2906.

Fonte: Comunicação SRCV

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Campo Verde

Nova aliança política de Campo Verde se reúne pela primeira vez

Sem ainda discutir nomes, o arco político formado pelo MDB, Solidariedade, PDT, PV, Podemos, PP e PSC, está discutindo propostas para serem colocadas em prática nas próximas eleições municipais de 2020.

Ainda na expectativa: avicultores de Campo Verde mantém esperança viva na retomada do setor

Mesmo sem produzir nada há um ano, avicultores ainda tem esperança que setor seja retomado com novos investimentos.

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

26/06 - Em cerimônia pontuada por bom gosto e emoção na Igreja Matriz, Thayara Rodrigues & Duan Pilonetto receberam a bênção matrimonial no último sábado, 22. Impecavelmente vestida pelo estilista mais famoso do Brasil, Lucas Anderi, a noiva emocionou os convidados logo antes da sua entrada com depoimento para o noivo. Já ele usava um terno Camargo, sendo que o estilista fez questão de colocá-lo em suas redes sociais. Com um flashmob feito pela Musique Casamentos, cantores e violinos surgiam entre os convidados enquanto as alianças eram conduzidas pela avó da noiva ao altar. Queima de fogos iluminaram a noite ao final da cerimônia religiosa. O salão do Centro de Eventos Primacredi foi transformado com suntuosa decoração por Anna Carolina para receber o em torno de 500 convidados para a celebração da boda. O buffet sempre agradável de Dulce Aguiar, (Roo) servia de volantes como as panelinhas quentes até um buffet de comida japonesa requintado, na ímpar noite que foi adoçada pelas receitas de Claudete Zandoná. A animação da festa ficou a cargo da Banda Bis de Cuiabá, além do receptivo da Musique com apresentação do Brass Live durante a festa que foi até as 6 da manhã. Um dos pontos altos da noite foi a surpresa feita pelos padrinhos que interromperam o final da apresentação dos noivos, surpreendendo com todas as músicas que os recém casados gostam e fazendo a festa já pegar fogo, mais uma das brilhantes ideias do Cerimonial Fabiano Fernandez que produziu e atendeu todo o evento com a mesma maestria de sempre, já conhecida e aprovada. Confira mais flashes by Marcello Holanda . Fotos oficiais Fares Rames.

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.