HOMENAGEM /

Quarta-feira, 17 de Julho de 2019, 08h:32

A | A | A

Dia do Comerciante: entrevistamos uma das mais tradicionais comerciantes de Campo Verde para falar sobre a profissão

Ela fala sobre o amor pela profissão e as qualidades que um bom comerciante deve ter.


Imagem de Capa
Paulo Pietro

Nesta última terça-feira (16) foi comemorado o Dia do Comerciante, data em que todos os profissionais e empreendedores do ramo são lembrados no Brasil. 

 

O comércio é uma das profissões mais antigas do mundo, é uma atividade extremamente importante para o desenvolvimento econômico dos municípios, estados e da federação. 

 

Mas como estamos em Campo Verde, para falar um pouco sobre essa profissão, entrevistamos uma das comerciantes mais tradicionais da cidade, que passa a impressão que realmente nasceu para fazer isso, realiza seu trabalho com muito amor e carinho, estamos falando da comerciante Teresinha Gercy Gueno, mais conhecida como Dona Teresa, que juntamente com seu filho Deni Gueno, são proprietários do Supermercado Itália. 

 

A escolha de Teresa para falar sobre o assunto, não poderia ser melhor, já que se pudéssemos personificar o comércio, imagina-se uma pessoa exatamente como Dona Teresa. “Eu adoro fazer isso, desde que me conheço por gente tinha o sonho de ser comerciante, eu amo as pessoas, sejam elas ricas, pobres, feias ou bonitas, de toda a maneira, eu adoro atender, servir, conversar, nunca me imaginai fazendo outra coisa em minha vida a não ser trabalhar no comércio.”

 

E essa história de amor com o comércio vem de longe, Teresa nos contou que já os 19 anos se apaixonou pelo pai de seus filhos Demétrio Gueno no inicio dos anos 70, um dos motivos da atração segundo Teresa, já era a vocação para o comércio, já que Demétrio na época já possuía um mercado na cidade de Lajeado Grande em Santa Catarina, de lá para cá são 49 anos dedicados exclusivamente à profissão. 

 

Em todos esses anos trabalhando no comércio, ela conta que passou por muitas fases, muitas boas outras nem tanto, mas mesmo quando existia problemas isso nunca transpareceu para seus clientes, até porque entende como comerciante que a única forma de reverter a situação é justamente tratando bem as pessoas, que se sentem felizes ao serem bem atendidas e acabam se tornando clientes fiéis. 

 

“Teve uma época que tive que ficar afastada do comércio, quando fomos morar em Campo Grande, nesse tempo eu quase fiquei louca, foi um período curto mais já senti muita falta. Quando chegamos em Campo Verde não conhecíamos ninguém e recomeçamos do zero, com um pequeno comércio, onde pagávamos aluguel, com a ajuda dos filhos, do marido e muito trabalho conseguimos prosperar. Neste tempo acabei perdendo o esposo, mas vencemos e estamos até hoje aqui,” lembrou a comerciante. 

 

Para ela o segredo do sucesso em um comércio é em primeiro lugar, “gostar do que realmente faz, eu fui criada assim, dando atenção para as pessoas, amando o próximo, qualquer pessoa que entra no meu estabelecimento é meu amigo, tudo é gente, é povo.”

 

Em um mundo cada vez mais informatizado , onde o contato pessoal não é tão valorizado, Dona Teresa vem demonstrando cada vez mais, que isso é um diferencial comprovadamente importante e eficaz, “as pessoas dizem que gostam de vir aqui justamente por quê eu e o Deni estamos sempre junto aos clientes, enquanto em outros locais eles nem conhecem a pessoa, não sabe se ele existe ou não. Muitos aliás fazem questão se esconder do povo, isso não é bom, nossa presença é extremante importante.”  

 

Se engana quem pense que a comerciante não evoluiu com o passar dos anos, Dona Teresa sempre foi ligada as novas tecnologias, antenada com o futuro do negócio familiar, tanto que a aposentadoria nunca passou pela sua cabeça, “eu já passei por muitas mudanças, mas o jeito certo de fazer comércio não mudou até então, não me sinto ultrapassada nem cansada para continuar a trabalhar e pretendo continuar assim até quando Deus permitir,” finalizou.     

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Campo Verde

Águas de Campo Verde conquista certificado de qualidade ISO 9001:2015

A Águas de Campo Verde iniciou suas atividades na cidade em novembro de 2001 e possui um contrato de concessão no município para 30 anos.

Decoração, novidades e promoções estimulam o consumo e o turismo em Campo Verde

Em 2019 a novidade é o Noel Buss e a decoração com materiais recicláveis.

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz