Segurança Publica /

Quarta-feira, 06 de Novembro de 2019, 10h:04

A | A | A

COMSEP realiza reunião e traz a possibilidade de melhorias no sistema de comunicação das forças de segurança

Estiveram presentes, além dos representantes do COMSEP, a Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores do município.


Imagem de Capa
Paulo Pietro

Uma reunião realizada pelo COMSEP (Conselho Municipal de Segurança Publica) na manhã da ultima terça-feira (05) em Campo Verde, trouxe para a cidade o inspetor da Polícia Rodoviária Federal e gerente do projeto rádio digital, Wagner Ribeiro Machado, para falar sobre a possibilidade de uma integração e utilização pelas forças de seguranças locais, do sistema de rádio digital, que já está em pleno funcionamento ligando todas as regiões do estado de maneira muito eficiente.

 

Estiveram presentes, além dos representantes do COMSEP, a Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Prefeitura Municipal e Câmara de Vereadores do município, que através da palestra do Inspetor Machado, ficaram cientes de como funciona e a maneira que o município poderia se beneficiar do sistema já existente da PRF, com um investimento relativamente pequeno frente a toda estrutura já existente.

 

É de conhecimento de todos, e tema já debatido em outras oportunidades, sobre a precariedade da comunicação das forças de segurança do município, que além de utilizar o sistema analógico, ainda tem um baixo alcance.

 

Por esse motivo o sistema integrado com a PRF, com tecnologia TETRA  (sistema trunking digital) que já está instalado e em pleno funcionamento na maioria do território nacional seria de extrema valia para a utilização na cidade, tendo em vista que quase 100% do município já está coberto pelas torres da PRF.

 

Além disso, vale ressaltar que se trata de um sistema moderno, criptografado, que além de gerar mais segurança amplia as possibilidades de comunicação, pois vai além somente de chamadas de voz, compartilhando também textos e dados.

 

O inspetor Machado falou sobre as vantagens de estar aderindo a esse sistema, “o município de Campo Verde está totalmente coberto pelo nosso sistema, e desde o inicio do ano já temos firmado um acordo de cooperação técnica com o estado de Mato Grosso, assinado pelo secretário de segurança Alexandre Bustamante, dessa forma os COMSEP’s poderiam também se utilizar desse sistema nos municípios a um custo muito baixo, levando em consideração que a parte cara que era a instalação das torres e equipamentos já estão prontos, feitos com recursos do Governo Federal. Para os municípios caberia somente a compra dos rádios propriamente ditos.”

 

O investigador da Polícia Civil e presidente do COMSEP que trouxe essa reunião para Campo Verde, Mansur Salah Ayoub, se disse satisfeito com a reunião, para ele “o tema é de extrema importância, a PM e os Bombeiros ainda trabalham de forma analógica, mas como foi colocado de forma muito precária, já a Polícia Civil se quer tem esse sistema de comunicação via rádio, então é de grande valia essa parceria. Cabe a nós agora realizar esse levantamento, saber quais as necessidades de rádio de cada uma das instituições envolvidas na segurança da cidade e encaminhar isso para a prefeitura, câmara de vereadores e demais entidades que possam nos ajudar nessa aquisição.”

 

O Tenente Coronel Anderson Luis da PM, comentou durante a palestra que apesar de ter o sistema de rádio analógico ele funciona de maneira precária, que os policiais acabam se utilizando de celulares próprios para realizar a comunicação, consultas de suspeitos e de veículos, “para se ter uma ideia já no parque de exposições não temos mais sinal de rádio, se for num local onde não tem torre de celular ficamos totalmente as cegas, então esse sistema seria muito bem vindo e ajudaria bastante, inclusive quanto a própria segurança e sigilo da nossa comunicação, como se trata de um sistema criptografado vai impedir que através de um rádio HT comprado no Paraguai por exemplo, essas facções criminosas possam ter acesso as informações sigilosas. Acredito que seria uma mudança de realidade tanto para a Polícia Militar quanto para as outras forças de segurança do município.”

 

Já o comandante do Corpo de Bombeiros de Campo Verde Tenente Álvaro, disse que “apesar do sistema existente ajudar dentro da área urbana, quando existe ocorrências pouco mais distantes, essa comunicação tem que ser feitas por outros meios e nossa instituição se utiliza muito disso, por isso seria muito importante essa integração, operando de forma digital e em conjunto com as demais forças.”

 

Tanto os representantes da câmara de vereadores presentes, como o vereador João Narciso Gomes, presidente da comissão de segurança publica, como da prefeitura através do chefe de gabinete Aparecido Rudnick e o secretário de desenvolvimento econômico Donizete Restani, se disseram animados com essa possibilidade, disseram que vão fazer o possível para conseguir a aquisição desses rádios para as forças de segurança, eles viram que o investimento seria relativamente baixo frente os benefícios conquistados com a utilização do sistema já em funcionamento. 

 

O custo dos equipamentos, se feito através do estado, teria um decréscimo de impostos de cerca de 40%, pois foram realizados as tomada de preços através de uma licitação internacional, onde o menor ganhou, do estado de Goiás com preços bons. Mas se a compra for realizada diretamente pelo município, que é a ideia imediata pelo menos, esse custo ficaria um pouco mais alto, porém seria muito mais rápido a utilização do sistema.

 

O COMSEP não descarta nem mesmo a ajuda de terceiros, como associações, entidades e cooperativas na compra desses equipamentos, já que todos se beneficiariam dessa melhora na qualidade de informação da segurança publica na cidade.    

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Campo Verde

Águas de Campo Verde conquista certificado de qualidade ISO 9001:2015

A Águas de Campo Verde iniciou suas atividades na cidade em novembro de 2001 e possui um contrato de concessão no município para 30 anos.

Decoração, novidades e promoções estimulam o consumo e o turismo em Campo Verde

Em 2019 a novidade é o Noel Buss e a decoração com materiais recicláveis.

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz