CIDADE /

Terça-feira, 05 de Novembro de 2019, 14h:40

A | A | A

Atleta de Campo Verde vai lutar no maior evento de MMA da América Latina

Depois de conquistar seu terceiro cinturão Wily se destaca no cenário nacional.


Imagem de Capa
Paulo Pietro

Depois de realizar mais um evento de sucesso em Campo Verde, a equipe Fusion Figth pode ter confirmada sua participação em um dos principais eventos de MMA da América Latina, o Jungle Fight. 

 

Isso porque devido ao sucesso da segunda edição, que premiou o publico campo-verdense com mais um espetáculo das artes marciais, o ex-lutador e empresário Wallid Ismail, que foi oito vezes campeão brasileiro de Jiu-Jitsu, ex-campeão mundial de Vale Tudo, pode estar colocando alguns dos lutadores do evento que aconteceu na cidade no cage circular  do Jungle. 

 

Segundo Marcos de Souza, treinador e organizador do evento Fusion Figth, “as lutas da segunda edição do evento foram ótimas, o bom publico que compareceu ao Centro de Eventos do Clube Juventude, ficou satisfeito com o espetáculo, nossos atletas fizeram bonito, o Matheus venceu sua primeira luta no MMA, a Carol foi bem, acabou perdendo em um deslize e o Wily conseguiu sair com o cinturão na luta principal.”

 

A luta da noite do evento foi protagonizada por Wily e o paraguaio Carlos Gomez, e foi uma luta complicado para o campeão da casa, segundo Marcos “foi uma luta emocionante, pessoal que esperou para ver essa luta não se arrependeu, o Carlos foi um grande adversário, lutador diferente dos outros adversários que o Wily enfrentou, um cara que joga com a guarda baixa mas golpeia muito bem,  tem uma grande noção de espaço. Mas o Wily estava preparado para todas as situações, demorou alguns minutos para se encontrar na luta mas logo demonstrou sua qualidade e com uma joelhada surpreendente levou a nocaute o lutador paraguaio.”

 

O lutador prata da casa, Wily Silva, que conquistou seu terceiro cinturão no MMA, nos contou que “foi uma experiência muito boa para mim, uma grande responsabilidade, realizar uma luta internacional, em casa, na frente dos meus amigos e familiares, disputando um cinturão. Confesso que estava nervoso no inicio, mas tudo se resolveu, nós treinamos muito todos os setores do MMA, estudamos o adversário e conseguimos nos igualar o adversário na trocação.”

 

Quanto ao golpe que destinou o final do combate, uma joelhada voadora, Wily disse que, “treinamos bastante uns golpes diferente, quando a luta está muito igual temos que ter algumas cartas na manga, para surpreender o adversário, esse golpe foi um exemplo, e pode ter certeza que os atletas da Fuision Team, estão preparados para lutar em qualquer área do MMA.”

 

Quanto à oportunidade de disputar uma luta no maior evento da América Latina, ainda neste mês, nos próximos dias 23 ou 30, Wily se disse preparado, “estou muito feliz por essa oportunidade, trabalhamos muito durante os últimos anos por isso. É uma grande vitrine para o Brasil e para o mundo, então vamos agarrar essa oportunidade e mostrar que o Mato Grosso tem bons lutadores, pessoal muito preparado e bem treinado, que pode abrir novas portas no futuro próximo.”

 

O professor Marcos Souza também está muito contente com essa participação, “o Fusion Figth começou como um sonho, e agora já está projetando atletas para eventos maiores. O Wallid viu a luta gostou e vamos realizar mais um sonho agora de ter um lutador nosso no Jungle Figth.”                

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Campo Verde

Ex-funcionário do Grupo JPupin diagnosticado com câncer, não consegue receber parcelas atrasadas de acerto

Situação que se arrasta desde o inicio do ano vem se tornado insustentável para um grupo de ex-trabalhadores.

Cai liminar que suspendia concurso para cargo de professor do ensino fundamental em Campo Verde

Com a decisão o concurso deve seguir seu tramite normal até que a questão seja julgada.

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a privatização da MT 130 sentido Paranatinga?
A favor
Contra
Tanto faz