SOLIDARIEDADE /

Terça-feira, 10 de Abril de 2018, 18h:25

A | A | A

População se une e consegue tratamento para idosa de Primavera do Leste

Ela foi consultada por um infectologista que pediu a internação da mesma


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

 

 

Marlene Rosa Cruz de 57 aos, foi internada na tarde desta terça-feira (10), na Unidade de Pronto Atendimento – UPA de Primavera do Leste. A idosa aguardava atendimento cerca de sete meses quando uma ferida apareceu na perna e começou a crescer. A mulher clamava por atendimento urgente.

O caso de Marlene foi publicado no site Clique F5 e também no Jornal O Diário, e logo em seguida da publicação, muitas pessoas se solidarizaram com a situação, se uniram e conseguiram uma consulta com o infectologista, por isso a idosa que já estava com a saúde debilitada foi internada.

Além da consulta com o especialista, Marlene recebeu doações de alimentos, medicamentos, teve as contas de água e de luz pagas e ainda recebia diariamente a visita de uma pessoa que se propôs a fazer a limpeza e o curativo na ferida. Todas as pessoas que ajudaram Marlene não quiseram ser identificadas.

Diante do fato a secretaria de saúde se manifestou por meio de nota, para esclarecer que nunca deixou de prestar auxilio médio para Marlene e apresentou ao jornal o relatório de atendimento da paciente que desde 2017 recebeu atendimento devido.  Veja a explicação “A paciente foi internada duas vezes, sendo dia 23 e 24 de fevereiro, data em que também passou por um infectologista. O profissional prescreveu os medicamentos e orientou que fosse feitos curativos utilizando uma pomada, pois somente após a ferida seca é que o processos de cicatrização começaria. Porém, a paciente se recusou a fazer o tratamento, pois dizia que o processo doía muito, mesmo quando estava sob efeito de analgésicos potentes (morfina). A paciente também foi avaliada por um médico vascular, que a orientou sobre a necessidade de realizar o tratamento adequado. Os atendimentos dispensados a paciente foram os seguintes. Dia 28/11/17 – vascular; 23/01/18 - infectologista ; 20/02/18   - infectologista ; 22/02/18 - vascular ;06/03 - exames laboratoriais”.

 

 

 

 

 

A doença

Há sete meses a moradora do Bairro Buritis, Marlene vem sofrendo uma situação grave de saúde que está a deixando cada vez mais delicada. .

A doença, ainda não identificada, já está deixando Marlene debilitada, sem condições de andar normalmente e até mesmo a alimentação dela está começando a ficar afetada. A idosa também não consegue trabalhar.

1 Comentário(s)
Que lindo quando o povo se uni e resolve ajudar. Eu vou ajudar lembrando dela em minhas orações.
enviado por: ANTIMÁRIA em 10/04/2018 às 21:17:03
0
 
0
responder

MAIS Primavera Do Leste

Ação entre amigos visa arrecadar fundos para ajudar Carlos Daniel

Além de poder ajudar a criança, há chances de ganhar cinco prêmios. Cada bilhete custa R$ 5

Com tumor raro no cérebro, família precisa juntar R$ 40 mil para transporte aéreo de criança

Na UTI há três meses, Carlos Daniel, 2, foi diagnosticado com Neoplasia Maligna. Os médicos disseram que não há cura, mas os pais querem levá-lo ao Hospital do Câncer de Barretos, em São Paulo

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

CLUBE DO ASSINANTE

EMPRESAS PARTICIPANTES

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.