PEDIDO DE AJUDA /

Terça-feira, 16 de Outubro de 2018, 07h:00

A | A | A

Com tumor raro no cérebro, família precisa juntar R$ 40 mil para transporte aéreo de criança

Na UTI há três meses, Carlos Daniel, 2, foi diagnosticado com Neoplasia Maligna. Os médicos disseram que não há cura, mas os pais querem levá-lo ao Hospital do Câncer de Barretos, em São Paulo


Carregando fotos
Pérsio Souza

Com apenas dois anos e cinco meses, Carlos Daniel, foi diagnosticado com um tumor raro no cérebro, chamado Neoplasia Maligna. Os médicos disseram à família que a doença da criança não tem cura, no entanto, os pais querem tentar tratamento no Hospital do Câncer de Barretos, em São Paulo, mas para isso precisam desembolsar R$ 40 mil, uma quantia que não possuem, já que o transporte tem que ser aéreo. 

Carlos Daniel morava com a mãe, Marciela Barbosa, e o padrasto Junio César Cardoso, em Primavera do Leste. Primeiro moraram na região das Furnas e posteriormente no assentamento Novo Progresso, mas devido a doença da criança, hoje estão em Cuiabá, onde Carlos Daniel está internada.

O diagnóstico da doença só foi dado à família há quatro meses, mas Carlos Daniel tem o tumor desde quando nasceu. Ele foi submetido a uma cirurgia e biopsia e depois encaminhado para uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), onde deveria permanecer por 24 horas, porém nunca saiu de lá. Já se passaram três meses. 

“Chegamos no hospital com ele brincando e falando, mas depois de uma semana não respondia mais nenhum estímulo. Essa situação é desgastante para todos nós, no entanto, se tivermos que passar por isso, será com a glória de Deus. Com a ajuda das pessoas temos a certeza que tudo irá dar certo”, diz o padrasto Júnio César.

Carlos teve hemorragia e também recebeu o último diagnóstico de que a doença não tem cura. A quimioterapia será suspensa e será mantida a  sedação para que a criança não sinta dor. No entanto, a família não se conforma e quer buscar ajuda no Hospital do Câncer de Barretos. 

Para a transferência da criança é necessária a permissão da equipe médica, além do transporte pela UTI área que custará em média R$ 40 mil, valor que a família não pode custear. Além disto, também seria necessária a quantia de R$ 10 mil para gastos com moradia.

De acordo com o orçamento realizado com uma empresa de Cuiabá, o valor pode variar de R$ 32 mil a R$ 42 mil. O que diferencia é o tipo de aeronave utilizada e o tempo de viagem.

Na contratação da UTI aérea o paciente terá disponível uma equipe médica

Quem tiver interesse em ajudar ou conhecer um pouco mais sobre a história de Carlos Daniel, pode entrar em contato pelo número: (65) 9322-1629. Depósito bancário ou transferência pode ser feito na seguinte conta:

 

Agência 3927

Operação 13

Conta 47124-0

Lucilene Barbosa Silva

CPF 882.810.781-20

Caixa Econômica Federal

 

A DOENÇA

Conforme o Ministério da Saúde, a Neoplasia Maligna é o crescimento anormal e descontrolado de um tecido ou célula que gera o tumor. Quando diagnosticado de maneira precoce, é possível ter a cura através da radioterapia, quimioterapia ou cirurgia.

Há vários fatores que apontam o surgimento da doença, no entanto, o estudo mais considerado é o da doença ser multifatorial. Ou seja, vários fatores que podem desencadear o tumor, entre eles:

Fatores ambientais: exposição a agentes radioativos, químicos ou biológicos; exposição a metais pesados como o chumbo, alumínio e mercúrio; exposição excessiva e desprotegida aos raios ultravioletas; alguns medicamentos; presença de vírus e parasitas; exposição ao cigarro.

Fatores individuais: predisposição genética; hormônios sexuais e alterações hormonais; uso abusivo de álcool e cigarro; hábito sexual com vários parceiros; mau hábito alimentar; estados psicológicos como depressão e ansiedade.

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Ação entre amigos visa arrecadar fundos para ajudar Carlos Daniel

Além de poder ajudar a criança, há chances de ganhar cinco prêmios. Cada bilhete custa R$ 5

Com tumor raro no cérebro, família precisa juntar R$ 40 mil para transporte aéreo de criança

Na UTI há três meses, Carlos Daniel, 2, foi diagnosticado com Neoplasia Maligna. Os médicos disseram que não há cura, mas os pais querem levá-lo ao Hospital do Câncer de Barretos, em São Paulo

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

CLUBE DO ASSINANTE

EMPRESAS PARTICIPANTES

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.