TRÁFICO DE DROGAS /

Segunda-feira, 17 de Abril de 2017, 10h:34

A | A | A

Jovens com 99 ecstasies são presos em Primavera

Os suspeitos alegam que era para consumo próprio


Imagem de Capa
Da Redação

Dois jovens foram presos por tráfico de drogas na madrugada deste domingo (16), em uma chácara, no bairro Primavera III, após serem flagrados com 99 unidades de ecstasy, celulares, dichavador de maconha, seda e filtros para cigarro de maconha, uma porção de substância análoga à maconha e R$ 286.

De acordo com o Boletim de Ocorrência (B.O.), a Polícia Militar foi informada que havia suspeitos realizando o tráfico de drogas em uma festa. O segurança relatou que viu uma movimentação estranha no local.

Os policias abordaram os jovens identificados como Bruno de Oliveira Erne, 22, e Pedro Henrique Bisognin Bedin, 20. Ao ser questionado pela Polícia Militar, Bruno afirmou que a substância era para uso compartilhado dentro do estabelecimento.

Ainda conforme o B.O., foi realizada a revista pessoal e foram encontradas: uma sacola com vários produtos aparentando ser ecstasy e mais uma quantia de R$ 171.

O jovem estava junto com Pedro que também foi abordado e passou por revista pessoal. Com ele foram encontrados: uma sacola com vários produtos que também aparentavam ser ecstasy, filtros para confecção de cigarro de maconha, R$ 65 e uma porção de maconha.

Diante dos fatos, os jovens foram encaminhados à Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) para que as devidas providências fossem tomadas.

O delegado plantonista Mário Santiago Junior, ouviu os jovens e eles alegaram que os entorpecentes eram para uso próprio. “Foi encontrada uma quantidade muito grande de ecstasy, LSD e uma porção de maconha, não tinha como consumirem tudo aquilo”, afirma.

Os jovens foram encaminhados à Cadeia Pública de Primavera do Leste e ficarão à disposição da justiça. Tráfico de drogas não cabe fiança, porém, em 2016, o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu tirar o caráter hediondo da condenação de réu primário e cabe somente a liberdade provisória. Um réu primário é uma pessoa que ainda não sofreu nenhuma condenação definitiva por algum crime.

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
O que você acha que deve ser feito com os carrinhos de lanche em PVA?
Devem ser retirados das avenidas!
Devem permanecer onde estão!
Devem ficar todos na Praça de Eventos!
Devem ser realocados para as praças da cidade!