CRIME /

Quinta-feira, 11 de Maio de 2017, 07h:00

A | A | A

Comerciantes e população devem ficar atentos com ação de possível estelionatário

O homem que vendeu a rifa, que aparenta estar na terceira idade, prometeu entregar a televisão de 32 polegadas no dia seguinte


Imagem de Capa

Uma corretora de imóveis de Primavera do Leste afirma ter sido vítima de um estelionatário, ao comprar uma rifa, ganhar e não receber o prêmio. Daiane Mabel teve o gasto de R$ 60, comprando dois números da cartela, e afirma que muitos comerciantes de Primavera do Leste também caíram no golpe. O homem que vendeu a rifa, que aparenta estar na terceira idade, prometeu entregar a televisão de 32 polegadas no dia seguinte do sorteio, mas 15 dias já se passaram e o prêmio não chegou.

O golpe só pode ser percebido porque o suspeito pediu para a empresária comprar os últimos dois números. “A compra teve como condição ele abrir a rifa na hora, para me mostrar se eu tinha ganhado ou não”, explica Daiane. O que o falso vendedor de rifas não esperava, é que um dos números adquiridos pela empresária era o sorteado.

“Na hora ele mudou a feição e ficou muito sem graça. Logo percebi que algo estava errado, por isso tirei foto da cartela e uma com ele”, relatou a vítima. O suposto estelionatário prometeu a entrega da televisão no dia seguinte, mas ainda não apareceu. Mabel não consegue entrar em contato com o vendedor pelo número de celular que ele deixou. Na cartela estava escrito a mão “Deus é fiel e Jesus te ama”.

Outra pista que o idoso deixou para a empresária, que faz ela ter certeza sobre o golpe, foi o fato de ele ter usado como desculpa que estava vendendo a rifa a serviço de uma pastoral. “Liguei em todas as pastorais da cidade e ninguém me confirmou a disponibilização da televisão para rifas”, contou Mabel.

A delegada Anamaria Machado, responsável pela Delegacia de Roubos e Furtos (Derf) de Primavera do Leste, confirmou que esta atitude, se comprovada, é classificada como estelionato. “Vamos colocar nossa equipe atrás desse homem, mas é importante que as pessoas fiquem atentas”, alerta.

Até que a Polícia Civil chegue ao suspeito e o acuse com provas concretas, O Diário e Clique F5 prefere não expor a imagem do possível estelionatário. Mas, é importante que a população saiba as características do suspeito, para que novas pessoas não se tornem vítimas. O homem tem estatura média, moreno, com cabelos lisos e grisalhos. No dia em que ele esteve com a vítima, vestia tênis cinzas com cadarços vermelhos, uma calça jeans escura, e uma camisa azul, listrada, de mangas curtas.

 

Caso alguém reconheça a cartela e tenha pago por algum número da rifa, é importante que registre Boletim de Ocorrência na Derf, que fica localizada na Rua Juscelino Kubistchek, número 517, Bairro Castelândia. O horário de atendimento é das 13h às 19h, de segunda a sexta-feira. O telefone para contato é (66) 3498 1190.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Voce gostaria que a MT-130 até Paranatinga fosse privatizada?
Sim
Não
Tanto faz