FOI NOTÍCIA /

Sábado, 16 de Junho de 2012, 05h:00

A | A | A

Sacolas Plásticas: falta campanha para mudança de hábitos

Empresários justificaram no ano passado os estoques de sacolas comuns


Redação: janine de Oliveira
Ainda não foram divulgadas as formas de punição e fiscalização que deverão nortear a nova regra

Reportagem publicada no dia 31 de janeiro, pelo jornal O Diário e site Cliquef5, abordava sobre a polêmica do uso de sacolas plásticas no comércio de Primavera do Leste. Muitas pessoas se manifestaram acerca do assunto. O fato motiva opiniões, mas de fato pouco têm sido feito a respeito do assunto. Ficamos sempre na base do jeitinho brasileiro. Faltando pouco mais de 80 dias para entrar em vigor em Primavera do Leste a Lei nº 1.290 que regulamenta o uso das sacolas plásticas no comércio. O projeto de lei já causou polêmica na época em que foi proposto, pelo vereador Messias Nogueira (PSD). Aprovado pela Câmara de Vereadores, foi vetado pelo prefeito Getulio Viana (PR) e retornando ao Legislativo o veto foi derrubado e a lei promulgada. De lá para cá passamos pela prorrogação do prazo para fiscalização e implementação da regra. Empresários justificaram no ano passado os estoques de sacolas comuns e solicitaram o prazo de um ano para readequação às novas regras, no entanto esse prazo está esgotando. Em virtude disso, estamos buscando informações sobre o que está sendo feito efetivamente. De acordo com a lei, as sacolas de plástico comum deverão ser trocadas pelas biodegradáveis. Debatida em todo o país, a proibição do uso de sacolas plásticas divide opiniões. No Cliquef5 alguns leitores deixaram as suas opiniões relatando que os alimentos adquiridos nos supermercados cujas embalagens também são de plástico. Conforme os defensores da iniciativa, o que dificulta a decomposição do lixo embalado nas sacolas plásticas comuns fazem com que os materiais entrem em decomposição. (Veja mais no gráfico ao lado). A iniciativa tem por trás a preocupação com o meio ambiente. Além de ser derivado do petróleo, o produto demora até 400 anos para se decompor depois de jogado no lixo, de acordo com alguns estudos. Conforme informações da Coordenadoria Municipal de Meio Ambiente, ainda não há nenhum projeto de conscientização, mas alguns estabelecimentos já estão se organizando para se adequar a nova medida. Diversas campanhas realizadas por organizações, empresas e entidades distribuem sacolas retornáveis pela cidade, para que a população crie o hábito de levar as sacolas quando for às compras. Alguns especialistas afirmam que as sacolas oxibiodegradáveis também não são as ideais para o descarte do lixo. No entanto, em uma cidade como Primavera do Leste, em que nem mesmo a coleta seletiva e destinação correta do lixo é feita. Muito ainda no que tange a conscientização e reeducação ambiental deve ser feito. Segundo a lei já publicada e com os devidos prazos, não haverá mais prorrogação do prazo para que os estabelecimentos estejam de acordo. Ainda não foram divulgadas as formas de punição e fiscalização que deverão nortear a nova regra.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Por questões de segurança, Fórum de Primavera do Leste passa por mudanças em atendimento

A partir de agora, servidores e juízes terão acesso exclusivo ao prédio. Visitantes e advogados devem acessar local por outra entrada.

Menores de 16 anos só podem viajar desacompanhados com autorização judicial

Antes, eram permitidas viagens de menores desacompanhados a partir dos 12 anos

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.