SEGURANÇA E EDUCAÇÃO /

Quinta-feira, 07 de Dezembro de 2017, 07h:00

A | A | A

Projeto Bombeiros do Futuro terá continuidade em 2018

Neste ano, 42 alunos entre 10 e 14 anos participaram da iniciativa


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

A 6ª Companhia Independente de Bombeiros Militares de Primavera do Leste, trabalha para garantir o funcionamento do projeto “Bombeiro do Futuro” no ano que vem. O objetivo do projeto é tirar jovens das ruas e oferecer oportunidades. 

Neste ano, 42 alunos entre 10 e 14 anos participaram da iniciativa que contou com a parceria da iniciativa privada, Conselho de Segurança (Conseg) e Judiciário. Os jovens foram orientados sobre salvamentos aquáticos, de altura, símbolos nacionais, sexualidade, combate às drogas, educação de trânsito, direitos da criança e do adolescente, entre outras dicas.

A mãe da aluna Milena Julia Lessa, Elislene Lessa, destaca que a filha aguarda ansiosa o retorno do projeto para o ano que vem. Ela destaca que a mudança de comportamento e atitude são evidentes e percebidos por toda família e amigos. “No começo, a Milena estava resistente, mas com o tempo foi tomando gosto e se destacou tanto que foi escolhida como uma das melhores alunas pela dedicação e assiduidade. Para nós foi um orgulho”.

Outro exemplo é do soldado BM, Juliano da Silva Ferreira, que foi aluno da primeira edição do projeto em 2006 e hoje é instrutor. “Tenho muito orgulho do projeto. Foi a partir dele que conheci um pouco do que é ser um bombeiro. Me apaixonei pela profissão e foi o foco para chegar aqui”. O soldado frisa que não irá medir esforços para garantir que o projeto seja realizado no próximo ano.

O tenente BM, Allan Victor Rodrigues de Farias destaca serem de suma importância às parcerias para garantir a execução do projeto em 2018. “Os contatos já começaram e logo que definido os custos, iremos encaminhar aos envolvidos, para com isso, viabilizar a iniciativa que é aguardada pelos pais e alunos”.

 

Sobre o Projeto

 

 

O “Bombeiros do Futuro” - promove atividades cívicas para o exercício da ordem e civilidade, auxiliando na formação do cidadão; motivar a criança e o adolescente a frequentar a sala de aula estimulando-os a se envolverem nas atividades sociais, culturais, recreativas e esportivas. O projeto visa ainda despertar a solidariedade, o senso crítico, a criatividade, o espírito participativo, assim como o interesse pelos direitos e deveres enquanto cidadãos e potencializar o senso de responsabilidade para com a família, escola, comunidade e amenizar a carência física e o equilíbrio emocional.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.