BALANÇO /

Segunda-feira, 09 de Julho de 2018, 07h:00

A | A | A

Primavera do Leste registrou 158 óbitos e mais de 700 nascimentos no primeiro semestre de 2018

Já óbitos são mais de 150 durante estes seis meses


Imagem de Capa
Pérsio Souza

Primavera do Leste registrou 158 óbitos neste primeiro semestre de 2018, segundo boletim divulgado pela Vigilância Epidemiológica do município, no último dia 6. Destas mortes são 89 do sexo masculino e 69 do sexo feminino. Estes números representam o período de janeiro a junho deste ano. Entre as causas estão doenças infecciosas, respiratórias, circulatórias, lesões, motivos externos, entre outros.

As principais causas de mortes causadas por doenças estão relacionadas ao coração, que somou 46 óbitos. Em seguida aparecem as mortes causadas por lesões, envenenamento ou causas externas, que em 2018 totalizaram 28. Em terceiro lugar a vigilância mostra que estão os dados de mortes causadas por doenças que implicam na paralização do aparelho respiratório, foram 12 neste ano.

Em contrapartida, os nascimentos representam um total 755 registros, sendo no mesmo período. Dos partos registrados no município 390 pertencem ao sexo masculino e 365 ao feminino.

O tipo de parto mais realizado foram as cesárias no qual foram contabilizadas 521 cirurgias. Já os procedimentos normais, do tipo vaginal, a SES registrou 234, quase a metade do procedimento cirúrgico.

 

DOENÇAS

A prevenção de doença é um cuidado que todos devem tomar. Diversas doenças foram registradas pela Vigilância Epidemiológica neste primeiro semestre de 2018.

O primeiro caso de febre amarela em humano em Mato Grosso desde 2009 foi confirmado em um paciente de Primavera do Leste, que trabalha como classificador de grãos. O caso continua sendo investigado, pois o paciente relatou que no período que antecedeu o surgimento dos sintomas da doença havia percorrido várias áreas rurais dos municípios de Primavera do Leste, Itiquira, Campo Verde e Alto Taquari.

Um caso suspeito de Coqueluche em uma criança de 10 anos, moradora de Primavera do Leste também foi confirmado no final de junho. A vítima recebeu o devido tratamento conforme pede o protocolo e está fora do período de transmissão da doença.

A coqueluche é uma doença infecciosa aguda e transmissível, responsável por acometer o aparelho respiratório. A doença é causada por uma bactéria que produz uma toxina que faz com que os sintomas de tosse convulsa, constipação e outros se manifestem.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

15º Jeep Cross e 2ª etapa Mato Grosso reúne mais de 10 mil pessoas em Primavera do Leste

O evento trouxe competidores de todo o Estado e de outras regiões do Brasil, como Rio Grande do Sul e Goiás

CTG Querência Distante promove Semana Farroupilha

As atividades seguem por toda semana, com apresentações culturais e palestras

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

CLUBE DO ASSINANTE

EMPRESAS PARTICIPANTES

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.