Terça-feira, 14 de Novembro de 2017, 17h:48

A | A | A

Município busca regularizar espaço para descarte de pneus

Com as liberações da Sema, o espaço ficará apto para que a empresa realize a retirada do material.


Imagem de Capa
Ítalo Berto

Aproximadamente 42 toneladas de pneus impróprios para a utilização são descartadas mensalmente em Primavera do Leste. Embora a cidade siga a regulamentação da logística reversa e faz o descarte do material como manda a lei, neste mês o município requereu a Secretaria de Estado de meio Ambiente (Sema) a licença prévia, licença de instalação e licença de operação para atividade da Central de Recepção de Pneus Inservíveis, e aguarda o posicionamento da pasta.

Conforme a Secretaria Municipal de Desenvolvimento da Indústria, Comércio, Agricultura e Meio Ambiente, o requerimento tem a intensão de efetuar a regulamentação ambiental do novo espaço destinado ao armazenamento temporário de pneus.

Desde 2008 a prefeitura tem um convênio com a empresa Reciclamp, que é responsável por fazer o recolhimento dos pneus conforme as especificações prevista na lei. Com as liberações da Sema, o espaço ficará apto para que a empresa realize a retirada do material.

Todo o descarte de pneus é feito, atualmente, no aterro, localizado a 800 metros da Rodovia Ricardo Daltrozo, a cerca de 15 quilômetros da cidade. Tudo isso, por enquanto, sem as devidas autorizações legais. O requerimento à Sema visa regularizar as licenças pertinentes para a utilização do local, segundo o pronunciamento da Secretaria Municipal.

A Secretaria afirma que as borracharias, empresas comerciantes e profissionais do setor têm o conhecimento de que os pneus inservíveis devem ser dispensados no aterro, preferencialmente semanalmente. A entrega é monitorada e controlada pela Secretaria de Desenvolvimento assim quando o material chega no aterro. E por isso, ainda de acordo com a Secretaria, o descarte incorreto de pneus não é uma realidade comum no município.

O aterro sanitário também está aberto para a população em geral. Quem tem pneus a serem descartados, a forma correta é deixa-los no aterro de segunda a sexta-feira, em horário comercial.

Conforme as orientações da Secretaria de Desenvolvimento, deixar pneus em locais desapropriados, além poluição visual, proporciona o acúmulo de água, principal meio de reprodução do mosquito da dengue, ratos e demais insetos e animais peçonhentos.

No caso de acúmulo de pneus armazenados indevidamente a céu aberto, a população pode formalizar denúncia na Ouvidoria Municipal pelos telefones: 0800 647 5088 ou 3498-3333 Ramal 294.

 

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
O que você acha que deve ser feito com os carrinhos de lanche em PVA?
Devem ser retirados das avenidas!
Devem permanecer onde estão!
Devem ficar todos na Praça de Eventos!
Devem ser realocados para as praças da cidade!