AUMENTO /

Quinta-feira, 07 de Dezembro de 2017, 07h:00

A | A | A

Gás de cozinha tem valor reajustado

O preço médio do gás de cozinha pode chegar a R$ 101,96 em Mato Grosso.


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

Com o reajuste de 8,9% na cotação do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP) nas refinarias desde esta terça-feira (5), o produto acumula alta de 68,8% desde março deste ano, quando a Petrobras adotou a política de revisão de preços.

Em Mato Grosso, o GLP comercializado em botijões de 13 kg é alvo de uma nova atualização de valores pela estatal encareceu R$ 16,35 ou 21,15% no varejo. Enquanto em março deste ano o gás de cozinha custava em média R$ 77,28, atualmente já chega a R$ 93,63 no Estado, segundo levantamento de preços da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

Se o varejo incorporar integralmente o percentual deste último reajuste, o preço médio do gás de cozinha chegará a R$ 101,96 em Mato Grosso. Na Capital mato-grossense, o botijão de gás de 13 kg custa, em média, R$ 94,02, mas há variações entre o mínimo de R$ 90 ao máximo de R$ 105. Incorporada a nova alta poderá custar até R$ 114,34/13 kg ao consumidor.

Em municípios onde o gás de cozinha historicamente é mais caro, como Primavera do Leste e Sorriso, os consumidores pagariam até R$ 125. Nessas duas cidades mato-grossenses, o preço máximo registrado atualmente é de R$ 115, segundo a ANP.

Para a consumidora Diane Garbin, 28, o preço do gás de cozinha é um componente que diminui a renda obtida com a produção de salgados. “Comprei um botijão no dia 14 de novembro e paguei R$ 100 à vista, porque a prazo seria R$ 120”.

Antes de adotar a contínua revisão de preços, o insumo era reajustado em até duas vezes por ano e as altas anuais ficavam em torno de 12%, relembra o revendedor Humberto Botura. Segundo ele, a majoração acumulada no varejo não está mais elevada porque os varejistas ainda evitam o repasse. “No meu caso, as vendas caíram 8% nos últimos 3 meses”, afirma.

“Estamos com 2 aumentos repassados pela distribuidora para nós, revendedores. Repassamos para os pontos de venda, mas eles seguraram. É possível que repassem a alta agora”.

 

ASSINANTE TEM DESCONTO NA COMPRA DE GÁS 

Com o preço cada vez mais instável, encontrar uma revenda de gás de cozinha onde o produto esteja acessível é cada vez mais difícil. Porém, o assinante do Jornal O Diário e Site Cliquef5, pode descontos exclusivos na hora de comprar o gás de cozinha. Para solicitar o desconto, basta acessar o site www.cliquef5.com.br e clicar no clube do assinante, e escolher a revenda que deseja comprar. Para ter direito ao desconto é preciso provar ser assinante de um dos produtos O Diário e pronto. Rápido, fácil e sem burocracia.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
O que você acha que deve ser feito com os carrinhos de lanche em PVA?
Devem ser retirados das avenidas!
Devem permanecer onde estão!
Devem ficar todos na Praça de Eventos!
Devem ser realocados para as praças da cidade!