MEIO AMBIENTE /

Sexta-feira, 15 de Junho de 2018, 07h:00

A | A | A

Cooperlimp já está coletando óleo de cozinha usado em Primavera

Pontos de coleta estão distribuídos em seis locais públicos


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

A secretaria de Indústria Comércio e Meio Ambiente juntamente com a Cooperativa Regional de Coleta Seletiva – Cooperlimp já deu início ao projeto piloto de coleta de óleo de cozinha. A princípio, o público-alvo são os funcionários públicos, mas a ideia é expandir a coleta para toda a cidade.

Os latões para coleta foram disponibilizados em seis locais sendo: Câmara Municipal, Prefeitura, prédio da Secretaria de Indústria e Comércio, Secretaria de Obras, Albergue Municipal e Cozinha Comunitária. O óleo de cozinha usado será coletado pela cooperativa e posteriormente será vendido para uma fábrica de tintas. O dinheiro arrecadado será revertido em prol da modernização da Cooperlimp.

De acordo com Renata Bergonzi, técnica em Meio Ambiente, que atua na Secretaria, a ideia vai além de ajudar à cooperativa, pois o descarte correto do resíduo diminuiu o impacto ambiental.  “A cada mês uma família gera um litro de óleo”, ressaltou Renata, que ainda explicou que ao jogar o óleo no ralo da pia da cozinha a pessoa pode ter vários problemas. “Quem faz o descarte de óleo de cozinha, na pia, por exemplo, além de poluir o meio ambiente, traz prejuízos para o morador, pois esse óleo pode entupir a pia, a caixa de gordura, a rede de coleta de esgoto, causando até mesmo alagamentos. Além disso, o óleo atrai baratas e ratos. Já no meio ambiente, esse óleo causa a impermeabilização do solo, contaminação da água e afeta a vida aquática”.

Além disso, a técnica de meio ambiente explicou que o simples fato de dispensar o óleo na pia pode contaminar 25 mil litros de água. “Dados revelam que um litro de óleo dispensado na tubulação quando chegar na água, ele vai poluir 25 mil litros de água, quantidade suficiente para uma pessoa consumir durante 6 meses”, frisou Renata.

A situação pode ser ainda pior se o descarte for feito diretamente em rios, pois um litro de óleo contamina um milhão de litros de água, o suficiente para uma pessoa consumir durante 14 anos.

 

COMO DEVE SER FEITO O DESCARTE

Após fazer a fritura é necessário aguardar o óleo esfriar, depois colocar em uma garrafa pet e guardar em um local protegido do sol, depois é só levar até um ponto de coleta e depositar o óleo no coletor.

 

A COOPERLIMP

Além do óleo de cozinha a Cooperlimp, realiza a coleta seletiva de papelão, metal, papel, vidro e demais itens passiveis de reciclagem.  Para ter os itens recolhidos pela cooperativa basta entrar em contato em horário comercial pelo telefone (66) 3498 7785 e solicitar a retirada do material.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Servidores entram com ação para exigir RGA

A categoria afetada estuda fazer uma paralisação geral.

Estado realizará concessão de 233 km de rodovia

Leilão está marcado para dia 30 de novembro

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

CLUBE DO ASSINANTE

EMPRESAS PARTICIPANTES

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.