PROBLEMA CONTINUA /

Quarta-feira, 16 de Maio de 2018, 08h:15

A | A | A

Correios não tem previsão para regularizar entregas de correspondências em Primavera

Hoje o efetivo é menor que o 50% indicado para atender a demanda da cidade


Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

Mais uma vez os serviços ineficientes dos Correios voltam a ser tema de reportagem do Jornal O Diário. Dessa vez um morador da cidade pede providências do Poder Legislativo e também ajuda de deputados estaduais e até mesmo federais.

“Precisamos mobilizar todos, pois já fazem mais de três semanas que não recebemos nenhuma correspondência. E segundo informações, o problema é falta de funcionários. Não tem previsão de solução. Precisamos de ajuda política para resolver esse problema.  Algum vereador pode levantar um debate sobre isso?” Disse um leitor do Jornal O Diário através de uma publicação feita em um dos grupos de interação mantido pelo jornal.

Em entrevista ao Jornal O Diário na tarde de terça-feira (15), o gerente da agência dos correios, Amós Simas, confirmou os atrasos e atribuiu a falta de efetivo. “Hoje temos menos de 50% do efetivo necessário para atender Primavera do Leste, as entregas já estão atrasadas há mais de 40 dias”, ressaltou.

O gerente disse que já entrou em contato com a sucursal de Cuiabá, e foi prometido que novos contratados seriam encaminhados para Primavera do Leste, mas não há uma data para isso.

Segundo levantamento feito pelo jornal o Diário, hoje a cidade conta com 10 carteiros. Em matéria publicada no mês de fevereiro, em que O Diário cobrou os Correios por meio de assessoria de comunicação, foi dito que até o final do mês novos servidores chegariam na cidade. Mas não foi bem assim que as coisas aconteceram.

Amós ressalta que com o efetivo baixo foi preciso dar prioridades há algumas demandas “atualmente conseguimos entregar encomendas e cartas registradas. Isso ainda com atraso”, frisou.

De acordo com o gerente, atualmente não há como nem o usuário dos serviços irem até a agência retirar a encomenda ou correspondências “a falta de efetivo está afetando até a separação de correspondências por bairro, então não conseguimos nem realizar a entrega na agência”, explicou.

 

VEREADOR DENÚNCIOU CASO DE PRIMAVERA AO MP

Em março, o vereador Luis Costa encaminhou à Procuradoria Geral de Justiça e ao Ministério Público Estadual, uma denúncia em relação aos serviços prestados na cidade. No documento o legislador sinalizou os motivos pelo qual os serviços não estão funcionando.

Luis Costa também menciona que outras cidades do país têm passado pela mesma situação e diante dos prejuízos causados à população, seja por não receber as correspondências, ou por recebê-las em atraso, é incalculável e aumenta dia após dia.

Sendo assim, o vereador requereu da Procuradoria da República de Mato Grosso e da Promotoria em Primavera do Leste, as medidas urgentes e necessárias para conter em definitivo, tão grave dano. Ele ainda sinaliza a possibilidade de uma ação civil pública por dano moral coletivo.

Em contato com o vereador ele ressaltou que ainda não havia tido uma resposta dos órgãos, mas que estaria cobrando novamente.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Prefeitura de Primavera gasta mais de R$ 125 mil mês com aluguel

Ao todo são 19 prédios que são utilizados para diversos serviços

Prefeito anuncia exoneração de Eraldo Fortes da Secretaria de Assistência Social

Ele estava afastado conforme recomendação judicial, mas ainda recebia pelo cargo

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

VANTAGEM

Conheça as vantagens oferecidas no CLUBE DO ASSINANTE DO O DIÁRIO

descontos em medicamentos, mensalidade de academias, compra de óculos, corrida de moto táxi, compra de gás de cozinha e até mesmo na conta do barzinho do final de semana. Esses são alguns dos benefícios oferecidos.

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.