OPINIÃO /

Segunda-feira, 06 de Março de 2017, 07h:47

A | A | A

Lixo é jogado por morador em canteiro central da Avenida Porto Alegre

jogados por um morador do Primavera II, ficou no canteiro central de uma das principais avenidas da cidade, a Porto Alegre, em frente ao Hobby Lanches.


Imagem de Capa
ÌTALO BERTO

Enquanto alguns moradores dão exemplo de cidade, conforme mostra a matéria de Pérsio Souza,  outros seguem exemplos inversos e provam que ainda não aprenderam viver em sociedade. Por quase duas semanas lixos e galhos, jogados por um morador do Primavera II, ficou no canteiro central de uma das principais avenidas da cidade, a Porto Alegre, em frente ao Hobby Lanches.

Questionados, vizinhos relataram que não sabem quem foi o “autor da obra”. Ninguém viu nada.

Em contato com a fiscalização do município, O Diário informou a coordenação sobre a sujeira. O coordenador Muller Ferreira se comprometeu a enviar equipe até o local e multar o responsável, caso fosse encontrado.

Dias depois, mas uma vez entramos em contato com o coordenador, que afirmou não ter encontrado o dono da lixarada.

Muller disse que não há o que a fiscalização possa fazer, já que ninguém assume a sujeira e não há provas concretas sobre quem jogou o lixo.

Entramos em contato, também, com a Secretaria de Obras e Infraestrutura, por meio da assessoria de imprensa da prefeitura, na última sexta-feira (3), para saber quais as providências o poder público poderia tomar diante dessa situação. Fomos informados que um caminhão iria retirar a sujeira no mesmo dia.

Antes de fechar essa edição, nossa equipe foi até local e confirmou que, realmente, a prefeitura limpou o lixo.

Agora, imagine se cada pessoa que limpasse o seu quintal resolvesse deixar o lixo em canteiros centrais, ruas ou calçadas.

E se, consequentemente, os caminhões da prefeitura tivessem que passar para recolher todos eles, com tantas outras prioridades que a cidade de Primavera do Leste apresenta?

Sujeira de quintal não é considerado lixo doméstico. A prefeitura não tem obrigação de retirar. Cabe a cada cidadão, ou “cidadão”, levar esse tipo de resíduo no lixão ou pagar serviços de coleta.

Seguir os conselhos do Papa Francisco, nesse caso, fará bem a todos!

 

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

21/05 - Na noite do último sábado, 19, os holofotes estavam voltados para o casal Rosi e Moacir Quaini que celebrou 30 anos de união com pomposa festa, no centro de eventos Primacredi. A romântica história de amor que teve inicio em 1988, na Catedral do Divino Espirito Santo, em Cruz Alta- RS, foi reafirmada, dessa fez com a presença dos frutos da união, os filhos Leonardo e Letícia Quaini. Há cerca de aproximadamente um ano juntamente com a cerimonialista Sibeli Salvatori os noivos começaram a organizar a noite que será eternizada para sempre. Profissionais de mão cheia foram convocados para a suntuosa comemoração. A décor Silvânia Costa traduziu toda a magnitude da celebração nos detalhes da imponente decoração em tons de branco, verde e champanhe. O buffet foi assinado pela requisitada Mirian Avila, e o repertório musical ficou por conta da banda Comunicasom que animou os convidados até altas horas da matina. Os filhos Letícia e Leonardo não conteram as lágrimas ao proferirem homenagem aos pais expressando todo amor, carinho e gratidão ao voltarem ao tempo e relembrar, como a união pautada no amor e cumplicidade vence os desafios do tempo. A bênção de renovação dos votos de amor e fidelidade foi ministrada pelo frei Constantino e testemunhada por em torno de 250 convidados que celebraram o momento ímpar com a família que esbanjou felicidade do começo ao fim da noite. As fotos oficiais foram registradas pelas criteriosas lentes do cuidadoso e atento fotógrafo Marcello Holanda. Nossa coluna hoje é exclusiva em homenagem a badalada Bodas de pérola e destaca momentos de emoção dos queridos Rosi e Moacir Quaini que distribuíram abraços e sorrisos durante toda a comemoração. Confiram!

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.