CORREIOS /

Quarta-feira, 01 de Agosto de 2018, 17h:04

A | A | A

Primaverenses voltam a reclamar dos correios

Uma fonte ligada a agência de Primavera do Leste, revela que nenhuma correspondência simples está sendo entregue


Imagem de Capa
Pérsio Souza

A agência dos Correios de Primavera do Leste possui um baixo efetivo para atender toda a demanda do município e com o número de servidores que têm, consegue apenas entregar encomendas, sedex e cartas registradas. Por atuar com menos de 50% dos funcionários, as correspondências simples não são entregues, a população se sente prejudicada e consequentemente, as reclamações aumentam.

Infelizmente, esta realidade não é só em Primavera, pois demais municípios do Estado de Mato Grosso também enfrentam o baixo efetivo de servidores nas agências dos Correios. Devido a isto, neste mês, o Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Correios e Telégrafos (Sintect) realizou assembleias gerais extraordinárias para votar uma possível paralisação das atividades. Foi aprovado indicativo de greve.

Entretanto, a paralisação no Estado pode ocorrer mesmo que, no Brasil, a maioria opte por continuar trabalhando. Isso porque o sindicato estadual colocou na pauta de votação das assembleias gerais extraordinárias um ato considerado como perseguição política a um dirigente da entidade.

Os Correios por outro lado, pediu mais 30 dias para conclusão das negociações, solicitação que a categoria aceita, mediante a prorrogação do acordo coletivo em vigência desde o ano passado.

No total, 1.550 profissionais trabalham nos Correios em Mato Grosso. O sindicato alega que há um déficit no quadro funcional e que a empresa deveria empregar, no mínimo, 2,3 mil trabalhadores para dar conta da demanda no Estado.

Em maio, quando o presidente do Sintect esteve no município, Edmar Leite, ele revelou que Primavera do Leste é considerada uma das piores cidades de Mato Grosso quando o assunto é a entrega de correspondência.

Hoje, a cidade conta com dez carteiros, no entanto há um servidor de férias ou afastado. Vale ressaltar que, por dia, chegam a Primavera mais de seis mil cartas comuns e em torno de 1.200 correspondências registradas e encomendas. Sendo assim, fica inviável e é até mesmo desumano, fazer a entrega de tudo. 

 

 

ENCOMENDAS ESTÃO SENDO ENTREGUES NORMALMENTE

Uma fonte ligada aos correios de Primavera do Leste, que pediu para não ser identificada, explicou que com o baixo efetivo é impossível entregar as correspondências simples, mas salienta que “as encomendas estão 100% entregues. Conseguimos entregar tudo que chega para nós”.

Apesar do gerente afirmar que as encomendas estão sendo entregues, algumas pessoas reclamam que não recebem, pois no site dos Correios diz que o carteiro não encontrou o endereço ou não havia ninguém no local para receber. Para alguns moradores isto é impossível, já que outras demandas chegam no local e há sempre alguém para recepcionar.

Selecionamos algumas reclamações feitas por leitores, através de uma rede de interação mantida pelo jornal O Diário. “Outro dia perguntei sobre o carteiro e várias pessoas responderam que está normal. Aqui para mim e alguns vizinhos que perguntei, não estão recebendo nada. Minha mãe foi nos Correios e disseram que estão sem efetivo e por isso não estão fazendo entrega”, diz Poliana.

“Esperando encomendas aqui não saio de casa e no site fala que carteiro não foi atendido”, relatou Claci Zotti

Anízio Tavares relata enfrentar o mesmo que Claci. “Comigo já aconteceu isso também, eles não vão e marca lá o que eles querem”, revelou.

“Sempre temos secretária no escritório da construtora e voltam as correspondências porque endereço não foi localizado ou não tinha ninguém. Algum funcionário deve estar mentindo. Todas as encomendas das transportadoras chegam, só a dos Correios que não?”, questionou Irtes.

Em relação a isto, a fonte ligada aos correios revelou que cada caso deve ser analisado separadamente e explica que “são feitas duas tentativas de entrega, caso não consigamos realizar a entrega, a encomenda vai para o Centro de Distribuição e fica lá por sete dias, para que a pessoa possa retirar o produto”, afirma.

Vale destacar que, a retirada do produto só pode ser realizada diretamente no Centro desde que haja essas duas tentativas do carteiro. Em casos em que o não há número do prédio ou apartamento, apenas a rua ou avenida, o gerente salienta que “nestes casos devolvemos a encomenda para Cuiabá, pois não tem como descobrirmos de quem é. Por exemplo, se tocamos o interfone em algum local e dizem não conhecer o morador, não temos o que fazer”.

 

PARA ATENDER DEMANDA, CORREIOS DIZ CONTRATAR MÃO DE OBRA TERCERIZADA

Para saber quais ações os Correios têm feito para resolver este problema, entramos em contato com a empresa e através da Assessoria Imprensa, fomos informados por nota que, por ser uma empresa pública federal, a contratação de mais servidores efetivos só pode ser feita mediante a concurso público.

Para tentar atender a demanda de Primavera do Leste, os Correios afirmam que tem terceirizado a mão de obra e programado deslocamento de efetivo até o município. Porém, com base nas reclamações recebidas por nossa equipe, parece não ser o suficiente.

 

CONFIRA A NOTA DOS CORREIOS NA ÍNTEGRA:

Por ser uma empresa pública federal, a contratação de efetivos de forma permanente é feita por meio de concurso público. Os Correios darão ampla divulgação tão logo tenham novas informações sobre o certame.

 

Para atender a demanda da cidade de Primavera do Leste, além do efetivo atual, os Correios contrataram mão de obra terceirizada e tem programado deslocamento de efetivo até o município.

 

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

Veículos da Prefeitura de Primavera são flagrados prestando serviço em Paranatinga

Os dois automóveis são emprestados à cooperativa de reciclagem

Dono de algodoeira em Primavera é preso acusado de furtar energia

Representante da algodoeira diz que Energisa cometeu um erro

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

CLUBE DO ASSINANTE

EMPRESAS PARTICIPANTES

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.