COLETA DE LIXO /

Sexta-feira, 13 de Abril de 2018, 07h:00

A | A | A

Oportuna nega falta de pagamento aos funcionários

A empresa também explicou sobre o atraso na coleta de lixo urbano


Imagem de Capa
Ítalo Berto

A  empresa Oportuna, que está sendo investigada pelo Ministério Público de Mato Grosso, com procedimento instaurado na Vara Cível de Primavera do Leste, encaminhou para O Diário alguns dos esclarecimentos solicitados pela nossa equipe de reportagem.

Foi negada a falta de pagamento de funcionários. “Estamos em dia com os salários dos  colaboradores”, garante Eliete Beraldo, proprietária da empresa. A afirmação contraria informações que chegaram até nossa redação, publicada na semana anterior. Uma funcionária que nos relatou - com a condição de não ser identificada - que a empresa atrasou salários de servidores, e por isso muitos estão deixando de exercer suas funções, afetando assim os serviços prestados para a prefeitura.

A empresária também se manifestou sobre o atraso em coleta de lixo. A empresa é responsável pela coleta de resíduos em alguns bairros da cidade. Em entrevista com o secretário municipal de infraestrutura, Eduardo Wolf, foi apontado que os bairros de onde partiram reclamações sobre o atraso nas coletas são de responsabilidade da Oportuna.

Eliete disse em nota: “A empresa é responsável pela coleta de resíduos sólidos parcialmente do município. Os funcionários  trabalham de forma contínua, com exceção de um único feriado que  é a Sexta-feira Santa e aos domingos. Portanto, é natural que o lixo se acumule nesse período. No entanto, na terça-feira pela manhã foi regularizada a coleta, onde utilizamos,  como de costume nesse período,  turnos de trabalho adicionais”, declarou, se referindo ao final de semana em que as reclamações foram realizadas.

O Diário também questionou a empresa sobre as acusações do Ministério Público, que investiga possíveis fraudes em documentações para se beneficiar em procedimentos licitatórios. Sobre isso a proprietária da empresa não se manifestou.

 

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

21/05 - Na noite do último sábado, 19, os holofotes estavam voltados para o casal Rosi e Moacir Quaini que celebrou 30 anos de união com pomposa festa, no centro de eventos Primacredi. A romântica história de amor que teve inicio em 1988, na Catedral do Divino Espirito Santo, em Cruz Alta- RS, foi reafirmada, dessa fez com a presença dos frutos da união, os filhos Leonardo e Letícia Quaini. Há cerca de aproximadamente um ano juntamente com a cerimonialista Sibeli Salvatori os noivos começaram a organizar a noite que será eternizada para sempre. Profissionais de mão cheia foram convocados para a suntuosa comemoração. A décor Silvânia Costa traduziu toda a magnitude da celebração nos detalhes da imponente decoração em tons de branco, verde e champanhe. O buffet foi assinado pela requisitada Mirian Avila, e o repertório musical ficou por conta da banda Comunicasom que animou os convidados até altas horas da matina. Os filhos Letícia e Leonardo não conteram as lágrimas ao proferirem homenagem aos pais expressando todo amor, carinho e gratidão ao voltarem ao tempo e relembrar, como a união pautada no amor e cumplicidade vence os desafios do tempo. A bênção de renovação dos votos de amor e fidelidade foi ministrada pelo frei Constantino e testemunhada por em torno de 250 convidados que celebraram o momento ímpar com a família que esbanjou felicidade do começo ao fim da noite. As fotos oficiais foram registradas pelas criteriosas lentes do cuidadoso e atento fotógrafo Marcello Holanda. Nossa coluna hoje é exclusiva em homenagem a badalada Bodas de pérola e destaca momentos de emoção dos queridos Rosi e Moacir Quaini que distribuíram abraços e sorrisos durante toda a comemoração. Confiram!

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.