ECONOMIA /

Segunda-feira, 16 de Julho de 2018, 17h:06

A | A | A

Câmara aprova aumento de tarifa de transporte coletivo

Com a aprovação do projeto de lei, o reajuste foi de 4,71%


DIEGO EIFLER
Imagem de Capa
Jaqueline Hatamoto

Na última sexta-feira (13), os vereadores de Primavera do Leste, aprovaram o aumento da tarifa de transporte coletivo em Primavera do Leste. O aumento corresponde a 4.71%, sendo assim a passagem passará a ser R$ 3,21, o valor cobrado anteriormente era de R$ 3, e não era reajustado desde de 2016.

Durante discussão da matéria, o vereador e líder do prefeito, Manoel Mazzutti (MDB), salientou que o PL contraria a vontade popular, “e inclusive, a gente tem visto uns comentários nas mídias sociais, mas precisamos enfrentar os problemas de forma respeitosa e transparente. É nítido que o empresário não consegue ficar tanto tempo sem ter um reajuste. Nós temos que entender que quem tem a prestação de serviço, não está obrigado a não ter lucro e muito menos prejuízo. Então é correto que se faça a alteração do valor da tarifa”, comentou. O último reajuste ocorreu em maio de 2016.

Ainda conforme o emedebista com esse aumento é preciso que haja investimento do empresário no setor, porque está havendo muita reclamação na prestação de serviços dessa empresa. “Esta Casa de Leis tem que enfrentar essas reclamações e buscar alternativa com o dono e diretores da empresa para melhorar e resolver o problema da população”.

A vereadora Edna Mahinc (PT) também comentou o Projeto de Lei, afirmando que, “não é de agrado voltar uma matéria de aumento de tarifa, porque prejudica a população, mas também como temos o transporte de serviço privatizado, a empresa precisa ter lucro. Também quero solidarizar com a fala do colega Manoel, porque a prestação de serviço tem que ser bem feita. A empresa precisa atender todos os requisitos que foram definidos no contrato”, salientou.

Também discutiu a matéria, a vereadora Carmen Betti (PSC), que salientou, “Tenho uma afinidade com essa matéria, desde o meu primeiro mandato e quero dizer a todos, que dentro do processo legal de contrato, o aumento está correto. E, ainda pelo contratação, teria que ter um aumento todo dia 1º de julho de cada ano, conforme Índice Nacional de Preços do Consumidor (INPC)”.

Segundo o vereador Paulo Márcio (DEM), desde que foi autorizado o aumento na tarifa, em 2016, no valor de R$ 3,07, a empresa tem cobrado R$ 3. “Se for colocar nessa conta o empresário deixou de ganhar, o reajuste aprovado, agora, ficaria neutralizado”, disse.

O parlamentar Antônio Marcos, o Piru, (PP), pediu consciência da população quanto o entendimento da matéria. Ele explicou que foi uma decisão embasada em lei e “votei favorável, porque se deixar de dar o aumento, não permitimos a possibilidade de investimento. Já que há dois anos não era alterada o valor da tarifa, porém, as reclamações sobre o serviço prestado, precisam ser sanadas e, a qualidade, cada vez melhor”, frisou.

De acordo com o parlamentar Elton Baraldi (MDB) “o risco que nosso município tem de ficar sem transporte é muito grande, porque está defasado. O reajuste é necessário e embasado na lei”.

Com a aprovação do projeto de lei, o reajuste foi de 4,71% no valor da tarifa do transporte coletivo, percentual correspondente à variação do Índice Nacional de Preços do Consumidor (INPC) entre 21/06/2016 e 31/05/2018.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!

MAIS Primavera Do Leste

CPI que investiga Águas de Primavera tem prazo prorrogado

Comissão deveria ter sido encerrada hoje (26). O novo prazo é de mais 90 dias

Alagamentos voltam a ser registrados; inclusive em pontos que já passaram por obras

Locais que nunca alagaram também foram prejudicados.

MAIS LIDAS NO CLIQUE F5

MAIS LIDAS MATO GROSSO


Abaixo reportagens especiais e exclusivas para os assinantes do Jornal O Diário

CLUBE DO ASSINANTE

EMPRESAS PARTICIPANTES

Nome ou atividade:

Bairro ou logradouro:

Produto:

Buscar em:

Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.