Nacional /

Sexta-feira, 12 de Outubro de 2018, 03h:15

A | A | A

Propaganda eleitoral para o segundo turno começa nesta sexta-feira

Reprodução Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) participam de propaganda eleitoral a partir desta sexta-feira A propaganda eleitoral gratuita,...


Imagem de Capa
Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) participam de propaganda eleitoral a partir desta sexta-feira
Reprodução
Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) participam de propaganda eleitoral a partir desta sexta-feira

A propaganda eleitoral gratuita, no rádio e na televisão, para o  segundo turno das eleições 2018, começa nesta sexta-feira (12). As propagandas serão veiculadas de segunda a sábado em dois blocos diários de dez minutos.

A transmissão da propaganda eleitoral é obrigatória para emissoras de rádio, incluindo as comunitárias, de televisão e em canais por assinatura operados pelo Senado Federal, Câmara dos Deputados, Assembleias Legislativas, Câmara Legislativa do Distrito Federal e as Câmaras Municipais.

No rádio, o horário de propaganda terá início às 7h e às 12h; na televisão, o primeiro bloco do horário eleitoral tem início às 13h e o segundo bloco às 20h30. O tempo será divido de forma igualitária entre os candidatos (cinco minutos para cada). As emissoras e canais também devem reservar 25 minutos diários, de segunda-feira a domingo, para inserções dos candidatos à presidência.

Leia também: Paulo Guedes nega fraudes e classifica investigações como "afronta à democracia"

De acordo com a minuta aprovada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nesta quinta-feira (11), a veiculação da propaganda será iniciada pela candidatura que obteve maior votação no primeiro turno. No caso dos candidatos à presidência, o primeiro a aparecer nesta sexta-feira é Jair Bolsonaro (PSL), em seguida, Fernando Haddad (PT). A ordem da apresentação dos candidatos será alternada diariamente.

Nos locais onde há segundo turno para governador (Amazonas, Amapá, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pará, Rio Grande do Sul, Rondônia, Rio Grande do Norte, Sergipe, Roraima, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo ) e do Distrito Federal, a propaganda para o candidato local começará depois do horário reservado à propaganda dos candidatos à presidência. A ordem de apresentação foi definida em alguns estados por sorteio.

Leia também: Ideia de Bolsonaro para Bolsa Família é contraditório cavalo de pau, diz Haddad

De acordo com a legislação eleitoral, as emissoras devem reservar o horário destinado à divulgação eleitoral da primeira sexta-feira depois do primeiro turno até o dia 26 de outubro, antevéspera do segundo turno, que será realizado no dia 28. O dia 26 de outubro também é o prazo final para a realização de debate e divulgação de propaganda eleitoral paga na imprensa escrita.

* Com informações da Agência Brasil

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.