Nacional /

Quarta-feira, 16 de Maio de 2018, 11h:49

A | A | A

Jovem tem olhos arrancados por familiares após pedir para se casar com namorada

Reprodução/The Sun Abdul Baqi, de 22 anos, teve os olhos arrancados por seus familiares depois de informar que se casaria com namorada Um homem...


Imagem de Capa
Abdul Baqi, de 22 anos, teve os olhos arrancados por seus familiares depois de informar que se casaria com namorada
Reprodução/The Sun
Abdul Baqi, de 22 anos, teve os olhos arrancados por seus familiares depois de informar que se casaria com namorada

Um homem teve os olhos arrancados com uma colher por familiares após anunciar que se casaria com uma mulher de sua escolha. Abdul Baqi, de 22 anos, foi amarrado e mutilado pelo pai e pelos quatro irmãos depois de pedir para que fossem juntos até a casa de sua namorada, na vila de Nasirabad, Paquistão, para que formalizasse o pedido.

Leia também: Vídeo mostra momento em que bebê cai de escada rolante enquanto pais tiram foto

De acordo com informações do The Sun , o pai dele, Dost Muhammmad, de 70 anos, e os irmãos Abdul Ghani, Abdul Sattar, Abdul Rehman e Abdul Karim trancaram a mãe em um quarto afastado para que ela não interferisse na ação, e, em seguida, arrancaram os olhos do paquistanês com o auxílio de uma colher e uma faca.

A mutilação dos olhos e a prisão dos familiares

À mídia local, Baqi, que atualmente está internado no Centro Médico de Pós-Graduação de Jinnah, afirmou ter pedido para que os pais o deixassem casar com uma mulher com quem já vinha se relacionando, e que todos concordaram. Porém, horas depois, puniram-no pelo pedido.

Leia também: Grávida é expulsa e obrigada a pagar taxa após bolsa amniótica estourar no táxi

“Eu gritei para que eles parassem, mas fui ignorado. Eu vi meu olho pendurado para fora, e tudo ficou ainda pior quando pedi para que me deixassem sair, e arrancaram o outro. Depois que eles terminaram, disseram que agora eu me tornaria um exemplo para todos os rapazes da vila”, contou.

Depois de descobrirem o que havia acontecido, alguns vizinhos entraram em contato com outros irmãos do rapaz para que pudessem levá-lo ao hospital.  Abdul Gaffar, de 24 anos, disse que não estava em casa na hora do ataque.

“Eu estava fora quando tudo isso aconteceu. Recebi um telefonema de um vizinho e fui direto para casa. Fiquei em estado de choque ao ver meu irmão gritando de dor. Nós não tínhamos dinheiro e fomos ajudados pela vizinhança, que contribuiu para que conseguíssemos o tratamento médico de Baqi”, relatou.

Leia também: Empresário é preso por abuso sexual de menina de 10 anos em sala de cinema

O jovem foi levado inicialmente para uma clínica em Quetta, onde os médicos sugeriram que fosse transferido para um hospital especializado em Karachi. Os olhos de Abdul Baqi não foram recuperados, e segundo a equipe médica, ele não voltará a enxergar. O pai e um dos irmãos foram detidos, enquanto os outros envolvidos no caso estão foragidos.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas

21/05 - Na noite do último sábado, 19, os holofotes estavam voltados para o casal Rosi e Moacir Quaini que celebrou 30 anos de união com pomposa festa, no centro de eventos Primacredi. A romântica história de amor que teve inicio em 1988, na Catedral do Divino Espirito Santo, em Cruz Alta- RS, foi reafirmada, dessa fez com a presença dos frutos da união, os filhos Leonardo e Letícia Quaini. Há cerca de aproximadamente um ano juntamente com a cerimonialista Sibeli Salvatori os noivos começaram a organizar a noite que será eternizada para sempre. Profissionais de mão cheia foram convocados para a suntuosa comemoração. A décor Silvânia Costa traduziu toda a magnitude da celebração nos detalhes da imponente decoração em tons de branco, verde e champanhe. O buffet foi assinado pela requisitada Mirian Avila, e o repertório musical ficou por conta da banda Comunicasom que animou os convidados até altas horas da matina. Os filhos Letícia e Leonardo não conteram as lágrimas ao proferirem homenagem aos pais expressando todo amor, carinho e gratidão ao voltarem ao tempo e relembrar, como a união pautada no amor e cumplicidade vence os desafios do tempo. A bênção de renovação dos votos de amor e fidelidade foi ministrada pelo frei Constantino e testemunhada por em torno de 250 convidados que celebraram o momento ímpar com a família que esbanjou felicidade do começo ao fim da noite. As fotos oficiais foram registradas pelas criteriosas lentes do cuidadoso e atento fotógrafo Marcello Holanda. Nossa coluna hoje é exclusiva em homenagem a badalada Bodas de pérola e destaca momentos de emoção dos queridos Rosi e Moacir Quaini que distribuíram abraços e sorrisos durante toda a comemoração. Confiram!

Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.