Internacional /

Quinta-feira, 16 de Maio de 2019, 14h:40

A | A | A

Pesquisadora admite "falha" em currículo, mas não se desculpa com jornal

Reprodução/Youtube Joana D'Arc cientista química A professora e pesquisadora Joana D'Arc Félix de Souza admitiu, em entrevista ao jornal O Globo,...


Imagem de Capa
Joana D'Arc
Reprodução/Youtube
Joana D'Arc cientista química

A professora e pesquisadora Joana D'Arc Félix de Souza admitiu, em entrevista ao jornal O Globo, que mentiu em seu currículo na plataforma digital Lattes ao dizer que concluiu um pós-doutorado em Harvard. A cientista também já havia citado o suposto curso em palestras e entrevistas.

Leia também:  "Eu não menti", diz Joana D'Arc após ter currículo questionado por jornal

"Nunca fui efetivada como aluna, porque não podia me ausentar por muito tempo, por conta dos problemas de saúde de minha mãe. Não tenho diploma de pós-doutorado em Harvard. Peço desculpas por esse transtorno. Foi uma falha minha e deveria ter dito antes que não tinha o certificado", disse a pesquisadora .

A reportagem do Globo ainda resgata uma entrevista de 2017 na qual a cientista relata estava nos Estados Unidos na época da morte da irmã e só voltou seis meses depois, após concluir o pós-doutorado. Naquela oportunidade, Joana disse que passou dois anos morando em Cambridge.

No entanto, a cientista manteve a história de que enviou um diploma falso à reportagem do Estado de São Paulo por engano. "Participei da encenação de uma peça na escola agrícola, em que usavam vários diplomas, inclusive a montagem de um de Harvard, preparado para a ocasião. Em dezembro de 2017, esse diploma, que estava no meio de algumas fotos, foi enviado por engano a um jornalista. Quando tomei conhecimento, entrei em contato com ele, que nunca se manifestou". O jornalista, por sua vez, alega que o documento falso foi enviado após um questionamento sobre o suposto pós-doutorado em Harvard.

A professora também não pediu desculpas ao jornalista ou ao Estado de São Paulo . Na terça-feira (14), quando a primeira matéria foi vinculada, ela acusou a publicação de racismo. "Porque tenho certeza que ainda estão achando que negros e negras ainda têm que viver na senzala, ou seja, estão achando que os negros não podem estudar”, atacou Joana D'Arc Félix em entrevista à revista Veja.

Leia também: Segredos do lado oculto da Lua são desvendados por missão espacial chinesa

Na mesma reportagem, o jornal também coloca em dúvida o suposto pós-doutorado da cientista na Unicamp. A reportagem conversou com um professor que está indicado como orientador da pesquisadora , mas ele negou a informação e disse que não trabalhava com o projeto de diamantes articiais, que teria sido o tema do pós-doutorado de Joana D'Arc Félix de Souza.

0 Comentário(s)
Nenhum comentário ainda, seja o primeiro!
Edição impressa
imagem
os maiores eventos e coberturas
Você é a favor ou contra a revitalização das Avenidas de Primavera?
A favor.
Contra.
Não tenho opinião formada sobre o assunto.